Já chegou no escritório para trabalhar e teve a sensação de que boa parte das pessoas ali apenas cumpriam uma obrigação?

O engajamento profissional é o famoso “vestir a camisa” da empresa.

O Guia para gestão eficiente da equipe de vendas

Como ser um grande gestor e líder para sua equipe de vendas

Mas como tornar um profissional engajado? Mais que isso: como engajar a equipe?

Neste post, você vai entender o que é engajamento profissional, verá estatísticas sobre o tema, além de de dicas para conseguir um time profissional engajado e as últimas tendências nessa área.

Aproveite!

Uma maneira de como engajar a equipe é por meio da gestão à vista. Você conhece esta estratégia de gestão? Então, confira em nosso blog: Entenda o que é gestão à vista e como usar para gerenciar a força de vendas

Baixe esta planilha gratuita, ela também pode ajudar você: Planilha de avaliação de desempenho de vendedores

O que é engajamento profissional?

Alguns dados de estudos mostram que o engajamento profissional é um tanto preocupante, atualmente, em diversos países.

Segundo pesquisas do instituto Gallup, 70% dos empregados não estão engajados com o trabalho e 51%, na realidade, estão procurando outro emprego, onde se sentiriam mais satisfeitos.

Essa questão de satisfação no trabalho é fundamental para quem quer entender o que é engajamento profissional.

Confira esta definição:

Engajamento profissional é uma atitude e um comportamento desempenhado por funcionários que identificam nos objetivos da empresa uma correlação com seus próprios objetivos pessoais. Assim, ao se dedicar fortemente à organização onde trabalham, estarão, ao mesmo tempo, realizando seus objetivos pessoais, o que leva a um forte comprometimento e desejo de atingir metas e objetivos.

É importante notar que felicidade no trabalho não é o mesmo que engajamento. Um funcionário engajado, na maioria das vezes, estará feliz no trabalho. Mas nem todo funcionário feliz é engajado.

Pensando dessa forma, algumas empresas tentam promover um melhor ambiente de trabalho e dar mais benefícios aos empregados. O que, não necessariamente, levará a mais engajamento profissional.

Veja algumas boas prática para melhorar o clima organizacional na empresa e reter talentos, divulgadas pelo blog Vivaintra. Mas lembre-se, isso, sozinho, não trará mais engajamento profissional:

engajamento profissional

Dito isso, como engajar a equipe?

Como você viu, é precioso que o colaborador enxergue na empresa uma maneira de se realizar na vida, atingir seus objetivos. Assim, você precisa desenvolver algumas ações práticas e políticas internas que mostram isso claramente pare ele.

A seguir, fizemos uma lista com 7 dicas de como contar com um time profissional engajado em sua empresa.

Mas, antes disso, veja mais alguns dados interessantes sobre engajamento profissional no Brasil e no mundo e seus resultados positivos para a empresa, divulgados pela Folha de Londrina:

engajamento profissional

Como engajar a equipe: 7 dicas práticas

Selecionamos 7 sugestões de ações que você deve praticar para conseguir manter um quadro profissional engajado em seu negócio.

1- Deixe claro para todos os propósitos e os valores da empresa

Para alinhar suas metas pessoais com as da empresa, os funcionários precisam ter a sua missão, visão e valores bem claras.

2- Trabalhe bem a comunicação interna

Um quadrinho na parede não é suficiente para engajar funcionários. Crie um plano de comunicação interna. Use pesquisas de clima, avaliação 360 graus e a tecnologia para isso. Ferramentas como o Slack e outros softwares colaborativos podem ajudar bastante.

Estes posts de nosso blog porme ajudar:

3- Desenvolva um ambiente de trabalho agradável

Não apenas um lugar agradável fisicamente, espaçoso, bonito e confortável, mas também capaz de dar todo apoio que sua equipe precisa.

Chegar para trabalhar sabendo que cada download demorará um eternidade e que os softwares de gestão e os hardwares (laptops etc.) são antiquados e obsoletos, não vai engajar ninguém.

Um dica é promover o home office. Trabalhar em casa, mesmo que alguns dias por semana, não necessariamente todos, pode ser um enorme ganho de qualidade de vida para seus funcionários.

4- Onboarding é fundamental

Criar um programa de integração para funcionários mostra para eles que são valorizados.

Ao descobrir que a empresa se preocupa com eles a ponto de evitar que fiquem deslocados no início de suas atividades, isso com certeza promove seu engajamento.

Veja mais sobre o papel do treinamento e onboarding: Como montar um treinamento de vendas: é preciso dar um show?

5- Fomente a amizade

Pode parecer estranho, mas promover um relacionamento de amizade entre os funcionários leva a um maior engajamento profissional.

Falamos no início da importância do propósito, dos valores e de objetivos comuns.

Ora, se todos os funcionários se sentem assim sobre a empresa, com certeza têm muito em comum, o que acaba levando à amizade.

É claro que amizade não quer dizer fechar os olhos para erros ou falta de compromisso. Pelo contrário: os amigos são aqueles com quem podemos contar em momentos difíceis.

Por que isso seria diferente no ambiente corporativo?

6- Promova o crescimento pessoal

Este é o grande objetivo de um colaborador engajado: crescer junto com a empresa. Por isso, não tenha dúvidas: promova um PDI, plano de desenvolvimento individual e ajude seus integrantes a se desenvolverem junto com seu negócio.

Não sabe como fazer isso? Então, assista a este vídeo:

7- Reconhecimento

Por fim, sem reconhecer os talentos, não há como conseguir o engajamento nas empresas.

Uma das formas mais usadas para isso é a meritocracia, em que os vendedores são premiados por seu desempenho. Um programa de CRM, com todos os dados das vendas, contatos realizados, telefonemas, propostas enviadas e negócios fechados pode facilitar muito esse método.

Mas existem diversas outras formas de reconhecer e incentivar funcionários, confira em nosso blog:

Tendências de engajamento para 2018

Selecionamos 5 tendências de engajamento divulgadas em uma reportagem do blog 15five:

  1. People Analytics: cada vez mais a tecnologia vai monitorar percepções e comportamentos dos empregados;
  2. Vida pessoal e trabalho vão se misturar: o home office é um exemplo de como essa mistura pode ser bem gerenciada;
  3. O feedback dos empregados será mais frequente: dados mostram que quanto mais feedback, mais engajamento;
  4. Cada vez mais millennials farão parte da força de trabalho: estima-se que serão 75% até 2030;
  5. A liderança empática aumentará: esse tipo de líder traz mais engajamento.

Foram 7 dicas e 5 tendências. Esperamos que com todas essas informações você tenha as bases que precisa para aumentar o engajamento profissional em sua empresa.

Agora que você já sabe como engajar a equipe, baixe este e-book gratuito e se torne um líder ainda melhor: O Guia para a Gestão Eficiente da Equipe de Vendas