O Inside Sales é uma modalidade de vendas que vem ganhando cada vez mais adeptos, principalmente nas negociações B2B.

Está sem tempo para ler o conteúdo? Gostaria de poder acompanhá-lo enquanto dirige, caminha ou realiza outra atividade? Então não perca tempo e ouça este artigo na íntegra. Basta clicar no play! Agradecemos o seu feedback nos comentários 🙂

Bônus: faça seu time alcançar a alta performance em vendas com nossa plataforma de CRM

O Agendor é uma plataforma de CRM e gestão comercial que funciona como um painel de controle e assistente pessoal para equipes de vendas B2B. Cadastre-se abaixo e ganhe um teste cortesia de 14 dias, com todos os recursos!


Sabe o porquê?

Porque essa estratégia de vendas apresenta diversas vantagens, como a otimização de tempo, de esforços e de custos.

Para aproveitar ao máximo o alto potencial de retorno que esse tipo de operação oferece, existem algumas ferramentas capazes de auxiliar os vendedores internos, tornando-os mais produtivos.

Assim, neste artigo, você vai conhecer quais ferramentas de Inside Sales utilizar para promover uma eficiente gestão de equipes de vendas internas e impulsionar as conversões.

Saiba mais: Inside Sales ou Field Sales: conheça as diferenças entre vendas internas e externas

O que é inside sales?

Mas você sabe o que é Inside Sales? Antes de listarmos as principais ferramentas de Inside Sales, vale a pena revisitarmos o conceito de Inside Sales.

Em tradução livre, Inside Sales significa Vendas Internas. Conforme mencionamos em nossa introdução, trata-se de uma modalidade comercial na qual o vendedor entra em contato com o cliente de maneira remota e promove a “evangelização” do mesmo.

Por meio do telefone, e-mails e videochamadas, o vendedor busca convencer o potencial cliente a fechar negócio. Portanto, as visitas presenciais são deixadas de lado.

Dessa forma, a etapa de fechamento, quando o prospect já está bastante inclinado a adquirir a solução que lhe foi oferecida, é feita por meio de videoconferência ou ligação.

Como o vendedor permanece dentro da empresa e utiliza recursos tecnológicos para se comunicar com o futuro cliente e explicar os benefícios do produto ou serviço, evita-se perder tempo e dinheiro com deslocamentos desnecessários.

Veja mais: Inside Sales: o que é e como implementar?

5 ferramentas de Inside Sales que você precisa conhecer

1. Software CRM

O Inside Sales, para ser bem executado e gerar os resultados que se almeja alcançar, depende de dados muito bem estruturados.  É por meio desses dados que os vendedores poderão personalizar o discurso de vendas, oferecendo, assim, a solução certa, para o cliente certo e na hora certa.

Nesse sentido, um software de CRM pode ser muito útil. Por meio dessa plataforma, que funciona como um banco de dados dos clientes e dos prospects, é possível desenvolver um relacionamento sólido com os clientes, otimizar tarefas repetitivas e, além disso, integrar melhor as equipes de vendas, de marketing e de atendimento.

Confira, neste vídeo, tudo que um CRM de qualidade pode fazer por suas vendas internas:

Saiba mais: O que é CRM

2. Videoconferência

Como o Inside Sales acontece à distância, uma maneira eficaz de se reunir com os clientes é fazendo videochamadas.

O Skype é uma ótima ferramenta para atender a essa necessidade. Além das chamadas de vídeo (com até 250 convidados na versão Business), o Skype também oferece outros recursos, como:

  • compartilhamento de tela;
  • bate-papo para troca de mensagens instantâneas;
  • edição colaborativa de documentos;
  • agendamento de reuniões direto no Outlook.

Aliás, nas videochamadas do Skype não é necessário que todos os convidados estejam cadastrados na plataforma, basta acessar um link da chamada pelo navegador.

Leia também: Como fazer videoconferência sem perda de tempo (nem de contato)

3. Gestão de equipes

A correta gestão de equipes também é essencial para o sucesso do Inside Sales. E uma ferramenta muito utilizada para gerenciar equipes de vendas é o Trello.

Simples de operar e com visual bastante intuitivo, o Trello é inspirado na metodologia Kanban.

Um quadro é dividido em listas de tarefas. Cada lista contém cartões que descrevem em detalhes uma tarefa específica. À medida que as tarefas presentes nos cartões são concluídas, eles são movidos de uma lista para outra.

O Trello é uma ferramenta que parte do princípio de que grandes tarefas, divididas em pequenos blocos são mais fáceis de concluir, além de manter a equipe motivada.

O Trello possui várias integrações com outras plataformas que você possa vir a usar no Inside Sales. Assim, evita-se ter que ficar abrindo diferentes ferramentas.

Veja mais sobre o Trello, neste vídeo:

Leia também: Como organizar suas tarefas com o Agendor e o Trello

4. Comunicação interna

No Inside Sales, gestores e vendedores precisam se comunicar com clareza e agilidade. Para isso, é preciso adotar uma boa ferramenta de comunicação interna.

O Slack, por exemplo, é uma alternativa aos infinitos e-mails. Por meio dele, os colaboradores podem trocar mensagens instantâneas, criar grupos de conversa, compartilhar arquivos e muito mais.

Isso gera maior integração entre as equipes e evitam-se ruídos comunicacionais que podem comprometer os resultados das vendas.

Este vídeo da Pluga traz mais algumas dicas legais sobre o Slack:

Confira em nosso blog: 3 ferramentas de comunicação interna online para vendas

5. Mídias sociais

As mídias sociais também podem ser usadas como ferramentas de Inside Sales. Por meio de dados coletados sobre clientes (e até mesmo concorrentes!) no Facebook, no LinkedIn e no Instagram, por exemplo, é possível ajustar as estratégias de venda, tornando-as mais assertivas.

Os dados coletados nas mídias sociais podem ser compilados em um relatório com vários insights sobre como conduzir as vendas.

O LinkedIn é uma das mais efetivas mídias sociais para quem trabalha no mercado B2B, por isso, trouxemos esta apresentação de slides para você:

Leia também: Saiba como usar LinkedIn para vender e descubra um ótimo caminho para chegar a seus clientes

Essas foram as nossas 5 dicas de ferramentas de Inside Sales que você pode implementar na sua empresa. Coloque-as em prática para impulsionar os resultados das suas vendas internas.

Independentemente de você usar inside sales ou vendas externas, ou ainda as duas juntas, você precisará medir seu desempenho. Por isso, baixe nosso e-book gratuito: Indicadores de Vendas e Marketing – O guia para acompanhar e evoluir seus resultados