Todo mundo fala em ferramentas colaborativas online e comunicação remota via internet, e como são importantes para times de venda, por Exemplo. Mas na hora de iniciar uma conversa por áudio e vídeo com um cliente ou colaborador, parece que sempre surge alguma dificuldade.

Fale a verdade: você sabe mesmo como fazer videoconferência de forma ágil, sem ter que perder um tempão reunindo os participantes e “ensinando” como entrar na conversa?

Guia: como ser mais produtivo e eficiente em vendas

Aproveitando e organizando o relacionamento com seus clientes para vender mais e melhor

Hoje, com cada vez mais pessoas trabalhando home office e as empresas em contato constante com colaboradores alocados em outras localidades – muitas vezes até em outros países – saber como fazer videoconferência de qualidade e sem perder tempo é fundamental.

Neste post, você vai conhecer quatro dos melhores aplicativos de videoconferência e como usar em seu negócio sem complicações.

Afinal, as videoconferências foram criadas para facilitar o trabalho em equipe e não para gerar ruídos na comunicação empresarial!

Está sem tempo para ler o conteúdo? Gostaria de poder acompanhá-lo enquanto dirige, caminha ou realiza outra atividade? Então não perca tempo e ouça este artigo na íntegra. Basta clicar no play! Agradecemos o seu feedback nos comentários 🙂

Como fazer videoconferência usando as ferramentas certas

Algumas gratuitas e outras com opções de planos pagos mais robustos, estas 4 ferramentas garantem uma videoconferência mais estável, com imagens e som de maior qualidade além de uma série de recursos extras.

Analise cada uma delas e veja qual é a mais indicada para sua empresa

1- Hangouts

O G Suite é um conjunto de aplicativos colaborativos gratuitos disponibilizados pelo Google.

O mais famoso dele deles é o Gmail, uma das mais usadas ferramentas de correio eletrônico do mundo.

Mas quem tem uma conta no Google pode usufruir de diversas outras ferramentas. Facilidades como seu calendário, um drive compartilhado (o Google Drive), softwares de criação de texto, de planilhas e de apresentação de slides que podem ser editados ao mesmo tempo por diversas pessoas e muitos outros.

Dentre essas ferramentas, se encontra um excelente aplicativo para videoconferências, o Hangouts.

Ele proporciona conversas de voz e imagem, além de texto – com um chat integrado – e outros recursos, como compartilhamento de tela.

Ágil e fácil de usar, permite agendar videoconferências diretamente pelo calendário. Assim, na hora que a conferência agendada vai começar, uma tela se abre no computador e os participantes que aceitaram os convites já estão automaticamente conectados.

Confira algumas de suas funcionalidades:

  • Até 25 participantes em uma mesma videoconferência
  • Versão mobile para Android e iOS
  • Na web, é possível enviar mensagens de texto enquanto faz uma videoconferência
  • Compartilhamento de tela e de documentos
  • Permite fazer ligações para números de telefones
  • Acesso a mais de 17 métricas sobre o desempenho de suas videoconferências

O Google Hangouts é bastante eclético. Ele pode ser usado no ensino e também em cursos online, permitindo até realizar webinars e criar salas para suas conferências.

Dê uma olhada neste tutorial em vídeo do Instituto Paramitas que ensina como fazer videoconferência com o Google Hangouts:

2- Zoom

Uma ferramenta paga com um plano gratuito mais limitado, o Zoom também permite realizar boas videoconferências, com até 500 participantes.

É possível gravar as reuniões e compartilhar telas, além de fazer anotações.

Por meio de download, ele também funciona em smartphones com sistemas Android ou em iPhones.

No plano gratuito, no máximo 100 participantes por reunião e com duração de até 40 minutos. Para reuniões de apenas 2 pessoas, o tempo é ilimitado.

3- Appear.in

Outra ferramenta que proporciona uma maneira fácil de como fazer videoconferência, o Appear.in é pago e também conta com um plano gratuito mais simplificado.

Ele cria links para as salas das videoconferência, que você pode nomear como quiser e depois compartilhar para convidar os participantes.

Entre suas características, podemos destacar:

  • Não precisa de registro ou download
  • Conversas com até 4 pessoas ao mesmo tempo (12 na versão paga)
  • Compartilhamento de tela de no máximo 20 minutos, na versão gratuita
  • Conexão com dispositivos móveis
  • Salas privadas
  • Compartilhamento de tela
  • Visualização de apresentações
  • Customização das salas de conferência com logo e plano de fundo

4- Google Meet

Se você acha que precisa de ainda mais recursos do que os que já mostramos, tem como fazer uma videoconferência ainda melhor, se esse é o seu desejo.

Para isso, você pode usar o Google Meet, que nada mais é que a versão corporativa (e turbinada) do Hangouts.

Além de tudo que o Hangouts faz, o Google Meet apresenta alguns diferenciais:

  • Quem tem o G Suite Interprise ou G Suite Interprise for Eduacation pode falar com até 50 pessoas na mesma videoconferência
  • Envia mensagens de texto via chat durante chamadas de voz também em smartphones
  • Acesso fácil de qualquer participante para a videoconferência com a criação de um link
  • Ligação usando números de telefone dos EUA. De números internacionais nas versões para G Suite Interprise e G Suite Interprise for Education
  • Você também pode gravar as conferências se tiver algum dos planos interprise
  • Acesso a mais de 50 métricas sobre o desempenho de suas videoconferências
  • Visualização em alta resolução
  • Zoom ao usar o Meet no Android ou iOS

Ficou claro como hoje me dia fazer videoconferência é algo bem mais simples do que muitos imaginam?

Afinal, basta compartilhar um link e todos terão acesso à reunião, sem complicação nem perda de tempo.

Este post foi escrito pela equipe da Safetec, uma empresa estabelecida no conceito de inovar a forma de trabalhar das organizações, através de soluções de computação em nuvem focadas em comunicação, colaboração e produtividade.