O feedback positivo e negativo é uma forma construtiva e saudável de dar um retorno sobre o trabalho de alguém.  Sendo assim, tê-lo como parte da cultura organizacional é fundamental para criar um ambiente de trabalho acolhedor e que estimula o crescimento profissional.

Mas você não sabe como dar um feedback? Pode ficar tranquilo! Neste texto, você terá acesso a todas as informações necessárias para entender como dar feedbacks positivos e negativos com maestria. Veja os tópicos do artigo:

  • O que é feedback positivo e negativo?
  • O que escrever em um feedback positivo?
  • O que falar no feedback negativo?
  • Exemplos de feedback positivo e negativo nas empresas

O que é feedback positivo e negativo?

Feedback é um conceito natural da língua inglesa que pode ser traduzido, literalmente, como comentário ou retorno.

O seu significado já deixa bem claro o que ele é e para que serve. O feedback é um retorno construtivo sobre uma ação, um projeto, um processo ou algo que possa ser avaliado.

Mas por que construtivo? Porque um feedback, necessariamente, é baseado em questões justificáveis. Ele não é simplesmente uma opinião, algo que te agradou ou desagradou.

Independentemente se o feedback é positivo ou negativo, há um motivo concreto por trás do seu compartilhamento.

O feedback positivo é usado para demonstrar um acerto, uma boa decisão ou um aprendizado, seja para uma pessoa específica ou para uma equipe inteira. Ele é essencial para que os colaboradores se mantenham motivados e saibam que estão no caminho certo, alinhados com os objetivos da empresa.

E o negativo é tão importante quanto, porque é uma forma de ajudar no crescimento profissional, assim como pode alertar um desalinhamento. No entanto, ele nunca deve ser comunicado em um tom agressivo e de julgamento. O intuito do feedback negativo é alinhar e instruir o que deve ser entregue.

Por isso falamos sobre ser construtivo, deve existir um motivo concreto para o feedback negativo e ele deve ser comunicado com clareza para que o erro não se repita.

A seguir explicaremos como dar um feedback positivo e negativo. No entanto, o Thiago Concer também possui uma ótima explicação sobre isso, confira:

Leia também: Avaliação de desempenho e feedback: faça com naturalidade

O que escrever em um feedback positivo?

Agora você já sabe o que é e qual é a importância de dar um retorno aos colaboradores. Mas o que escrever em um feedback positivo? Veja:

  • Comece os motivos do feedback positivo
  • Parabenize o colaborador pelo trabalho
  • Conclua com alinhamentos e ideias de melhorias

1. Comece descrevendo os motivos do feedback positivo

Aponte os acertos que levaram ao feedback positivo para o colaborador, para a equipe, para o líder ou quem quer seja.

Esclarecer os motivos deixará claro que o trabalho realizado está no caminho esperado e possui uma boa qualidade.

2. Parabenize o trabalho

Em seguida, reconheça o trabalho que foi realizado e parabenize a execução. Afinal, quem não gosta de ser elogiado, não é mesmo?

Essa atitude é uma ótima forma de estimular a motivação e mostrar que o empenho dedicado ao trabalho é valorizado.

3. Conclua com alinhamentos e ideias de melhorias

Por fim, conclua reafirmando o alinhamento do que é esperado. Assim, garante-se que o trabalho continue no caminho desejado.

E, caso haja alguns pequenos pontos de otimização, pontue-os para que sejam considerados em uma próxima vez. Afinal, sempre há o que aprender e melhorar.

Confira também: Você sabe como fazer feedback? Aprenda com 10 dicas práticas

O que falar no feedback negativo?

E o feedback negativo? O que falar nele e de que forma? Confira algumas dicas:

  • Dê o feedback a sós
  • Apresente as justificativas
  • Mostre o que poderia ter sido feito diferente
  • Reconheça o empenho do colaborador

1. Dê o feedback a sós

Antes de qualquer coisa, o ideal é chamar os envolvidos para conversar em um local separado.

Isso é uma atitude fundamental para que ninguém se sinta exposto. Afinal, este sentimento pode causar desmotivação e o feedback de modo algum tem esse objetivo.

2. Apresente as justificativas

É uma boa escolha começar o feedback explicando o que levou ele a ser negativo. Como dissemos, há justificativas concretas para que isso esteja acontecendo.

Portanto, apresente as informações e dados que exemplificam o porquê do trabalho não ter atendido às expectativas.

Iniciar dessa forma deixará claro que, de forma alguma, o retorno negativo está sendo dado por causa de uma opinião própria.

3. Mostre o que poderia ter sido feito diferente

Agora que o porquê do retorno já foi esclarecido, mostre com clareza o que poderia ter sido feito diferente para estar alinhado aos objetivos da empresa.

Para isso, a utilização de exemplos pode ser uma ótima forma para que a comunicação seja didática e clara.

Isso é muito importante para que a pessoa saiba no que ela errou. Afinal, como você melhora se não souber o que precisa ser otimizado, não é mesmo?

4. Reconheça o empenho

Por fim, reconheça o empenho para a realização do trabalho apesar dele não ter ficado dentro do esperado.

Reforce que existe um motivo para o colaborador fazer parte da empresa e que a organização tem plena confiança nas suas capacidades.

Deixar isso claro é muito importante para que se mantenha o sentimento de pertencimento e a motivação. 

Exemplos de feedback positivo e negativo nas empresas

Para ficar mais claro como dar um retorno de qualidade, fizemos exemplos de feedback positivo e negativo nas empresas com situações totalmente hipotéticas. Veja-os a seguir.

Feedback positivo

Acontecimento

O vendedor de uma equipe comercial notou que um cliente específico da sua carteira estava com a atividade muito abaixo do esperado. Ele fez contato por e-mail e telefone, mas isso não trouxe grandes avanços.

Diante disso, ele marcou uma reunião presencial e, com ela, conseguiu entender o que estava ocorrendo: o cliente sentia falta de um relacionamento mais próximo e presencial.

A partir dessa informação, o vendedor mudou totalmente a sua postura e passou a atender este cliente de forma mais adequada.

Exemplo de Feedback

“A sua proatividade para entender as dores do cliente foi extremamente importante para que ele continuasse com a gente. Além disso, essa atitude proporcionou um estreitamento do relacionamento, melhorando nossos resultados. Diante disso, agradecemos imensamente por todo o seu esforço e empenho em contribuir para os objetivos da empresa. Acreditamos que a nossa colaboração ainda renderá muitos frutos. Continue assim e vamos juntos!”

Veja também: Como melhorar o relacionamento com o cliente: 7 dicas infalíveis

Feedback negativo

Acontecimento

O departamento comercial de uma empresa tinha o pós-venda como uma das prioridades, visto que era considerado um diferencial da organização.

Contudo, um colaborador dedicou todo o seu tempo e esforços principalmente à prospecção ativa, porque o seu objetivo era ultrapassar consideravelmente a meta todos os meses.

Com isso, ele batia as metas de prospecção, mas também perdia alguns clientes pela falta de relacionamento e pós-venda.

Exemplo de Feedback

“A sua dedicação quase exclusiva à prospecção ativa gerou algumas perdas que impactaram em nossos resultados. Além disso, este tipo de abordagem não está de acordo com a estratégia comercial da nossa equipe, que é de ter um pós-venda bem próximo ao cliente. Diante disso, você poderia ter destinado parte do tempo utilizado na prospecção ativa para realizar o pós-vendas com os atuais clientes da sua carteira. Dessa forma, você atingiria a meta de vendas, assim como não perderia clientes e estaria alinhado aos nossos objetivos. De qualquer forma, parabéns pelo seu trabalho na prospecção ativa, reconhecemos que as suas habilidades para conquistar novos clientes são muito importantes para a equipe.”

Como aplicar o feedback na gestão da equipe de vendas?

Como mostramos ao longo do texto, o feedback positivo e negativo é algo que deve fazer parte da cultura da empresa, pois é uma ferramenta fundamental para alinhar objetivos, auxiliar no crescimento profissional dos colaboradores e manter a motivação do time.

Diante disso, para realizar uma boa gestão da equipe de vendas, é preciso reconhecer a importância do feedback e saber como utilizá-lo.

Mas como fazer isso na prática? Veja algumas dicas de gestão de vendas no infográfico abaixo:

0 dicas de Gestão de Vendas

Continue aprendendo: recomendamos o Guia: Gestão Eficaz da Equipe de Vendas, que te mostra o caminho para desenvolver a liderança, manter a equipe unida e como desenvolver um método de acompanhamento saudável dela. Confira!