Será que o modelo de Inside Sales serve para a sua empresa? Entenda esse modelo e seus benefícios

Inside Sales. Traduzido para o Português, o termo quer dizer “vendas internas”. Ele vem sendo utilizado para complementar os novos processos de vendas, focados na evangelização de clientes, otimização do trabalho dos vendedores, aumento de faturamento e drástica redução de custos.

O que isso significa? Empresas com desempenhos financeiros cada vez mais positivos.

Guia: como elaborar e implementar o processo de vendas

Elaborando e tirando o processo de vendas do papel para colocá-lo em prática

Gostou do assunto? Então acompanhe o que é Inside Sales e como isso pode transformar seu negócio.

inside sales

Incorpore o Inside Sales ao seu processo de vendas para economizar

As vantagens do método

Seu vendedor agendou uma reunião com um cliente em potencial para apresentar o novo serviço de software da empresa. O compromisso está agendado para as 15 horas, mas em razão de um engarrafamento, ele chegou com atraso de 40 minutos. O empresário que o aguardava está insatisfeito e inicia a reunião com ar de poucos amigos.

Para completar, o vendedor percebe que o cliente não entende nada de tecnologia. O funcionário experiente esforça-se ao máximo para explicar os benefícios que o serviço traria para a empresa, mas sai do local com pouco progresso. Sua empresa perdeu tempo e dinheiro.

É justamente para evitar problemas como esses (bastante comuns, diga-se de passagem!) que surgiu o Inside Sales.

Em pleno século XXI, é bem possível incorporar mobilidade e conexão nos seus negócios, aproveitando para economizar tempo e dinheiro, deixando as visitas para os fechamentos, ou quando são muito necessárias.

As vendas internas preveem que os vendedores permaneçam dentro da empresa e utilizem a tecnologia para fazer contatos planejados com os clientes, de forma que os mesmos sejam evangelizados sobre os benefícios dos produtos/serviços ofertados e, posteriormente, incentivados a comprar.

E então, uma reunião será bem mais eficaz!

Inside Sales na prática

Vamos imaginar o mesmo caso mencionado no começo desse post, mas agora considerando a hipótese de que sua empresa trabalhasse com Inside Sales. Veja a diferença:

O vendedor identifica o cliente em potencial e faz a primeira ligação de apresentação. Ele pergunta se o empresário tem interesse no serviço e agenda uma reunião por videoconferência para a próxima semana.

Na conversa, o vendedor percebe que o cliente conhece pouco de tecnologia e sugere a presença do pessoal de TI no encontro virtual. Assim que desliga o telefone, ele encaminha um e-mail para todas as pessoas que participarão da reunião, com um guia digital em anexo que contém a apresentação prévia do software.

Na mensagem, o vendedor se coloca à disposição da empresa e chega a tirar dúvidas da equipe por e-mail ou mensagens de SMS. A reunião acontece na hora marcada e é um sucesso. Poucos dias depois, graças à política de vendas internas, o contrato é assinado.

Como implantar na minha empresa?

Você gostou da metodologia e pretende adotar o processo de Inside Sales na sua empresa. Sua dúvida é: como conduzir o processo de implantação? Listamos 4 dicas abaixo para te ajudar nessa missão:

#1. Treine sua equipe

O primeiro passo para que sua empresa realize vendas internas com sucesso é o treinamento. Comece mostrando o novo conceito (e todas as vantagens que ele significará para o negócio) aos vendedores. Em seguida, apresente à equipe um cronograma com os procedimentos a serem adotados. Por fim, realize os treinos com simulações de atendimento.

#2. Elabore conteúdo de qualidade

No Inside Sales, o trabalho dos vendedores deve ser amparado por material rico, elaborado com técnicas de marketing de conteúdo. Sua empresa deve confeccionar e-books, guias e apresentações diversas, que serão enviadas aos clientes com o intuito de evangelizá-los sobre as vantagens dos serviços ou produtos. Contrate um serviço especializado para elaboração dos itens.

#3. Tenha estrutura adequada

Sua equipe precisará contar com uma estrutura adequada para conseguir os melhores resultados com as vendas internas. Isso quer dizer: Internet rápida, computadores de boa qualidade, linhas telefônicas e ramais em número suficiente. Além disso, os vendedores devem ser treinados no uso dos recursos.

#4. Estipule um processo de transição

Você não precisa — e nem deve — implantar o Inside Sales da noite para o dia, de forma drástica. Trace um plano de transição para implantação do processo de forma gradual. Mantenha as reuniões pessoais com clientes mais antigos e tradicionalistas, até que se acostumem com a nova proposta.

E então, que tal implantar o Inside Sales no seu negócio? Se você ficou com alguma dúvida escreva para nós através dos comentários!