Você já conhece o Employer Branding? Saiba como esse conceito pode ajudá-lo a ter um time de talentos

Uma pesquisa realizada pelo Hay Group e divulgada em 2015 mostrou que 51% das organizações pesquisas têm problemas de retenção de talentos. Quando o assunto é contratação, as perspectivas são ainda mais desafiadoras: cerca de 70% das empresas afirmam ter problemas em captar os profissionais ideais.

E se sua necessidade é um time de excelentes vendedores, a escolha e a retenção podem ser cruciais para os resultados da empresa, já que perder um vendedor de alto desempenho ou sequer ter um desses profissionais na equipe pode comprometer seriamente o negócio.

Diante desses desafios, surge a tendência de Employer Branding, que tem como objetivo ajudar as empresas a captar e reter talentos. Neste post você irá entender o que essa tendência e como ela pode melhorar a imagem da empresa para contratar vendedores de peso.

Employer Branding

O Employer Branding pode ser entendido como a reputação da empresa junto aos seus empregados ou a imagem que ela passa a seus futuros colaboradores.

Se uma empresa está com dificuldade em reter seus funcionários, definitivamente ela está fazendo algo errado e irá precisar rever processos e ações para reverter esta situação.

mirror

Se uma empresa está com dificuldade em reter seus funcionários, consequentemente, transmite uma péssima imagem ao mercado

A imagem ou reputação é um ativo intangível da empresa, ou seja, que não pode ser mensurado de forma concreta e está relacionado com a percepção que ela passa sobre seu clima organizacional, benefícios e vantagens trabalhistas, políticas de remuneração e todos os fatores que fazem com que seus colaboradores continuem ali e que novos talentos sejam atraídos.

Criando um Employer Branding

A criação e a manutenção do Employer Branding têm um raciocínio bastante parecido com o do marketing de uma empresa, mas sempre com foco na imagem desta junto a empregados e potenciais candidatos.

Se sua empresa quer atrair vendedores de sucesso, ela precisa, antes de tudo, ser um sucesso, ser desejo de quem atua na área e um modelo a ser perseguido, em outras palavras, a última bolachinha do pacote!

Para o desenvolvimento de estratégias e manutenção de um bom clima organizacional e ações que propiciem o Employer Branding, o departamento de Recursos Humanos deve estar atento aos anseios dos colaboradores para que estes sejam atendidos de acordo com as políticas da empresa.

Para tanto, podem ser feitas pesquisas de satisfação, sugestões de melhorias pelos colaboradores e observação de empresas consideradas modelo neste quesito.

Sua empresa precisa ser vista como "a última bolacha do pacote"

Sua empresa precisa ser vista como “a última bolacha do pacote”

Ser diferente é necessário

Se sua empresa quer buscar os melhores candidatos ela terá de apresentar algum diferencial junto aos seus concorrentes, fazendo com que os melhores vendedores almejem fazer parte do seu quadro de colaboradores. Bons salários são necessários, mas já não são suficientes. É preciso oferecer um pacote de vantagens e benefícios que retenha e atraia talentos.

Uma boa forma de compartilhar a mensagem sobre sua empresa é a utilização de redes sociais, porém é preciso ter cuidado para gerar conteúdo de qualidade e que seja percebido por esses talentos como verdadeiro diferencial em relação ao que já existe. Mostre os valores de sua empresa, sua missão, o que ela tem e o que ela pode oferece a seus colaboradores.

Confira como definir os valores e a missão de seu negócio no artigo: GUIA: Planejamento estratégico, missão, visão e valores.

União é fundamental

O departamento de Recursos Humanos tem papel fundamental na criação de um bom Employer Branding, mas sua empresa precisa ter outros departamentos em sintonia realizando e participando das ações criadas pelo RH.

Não basta, por exemplo, criar políticas diferenciadas e não comunicar. Assim, o seu departamento de Comunicação deverá ser efetivo em transmitir o que está acontecendo e em criar a imagem da empresa dentro e fora do seu ambiente empresarial.

O marketing também deve ser envolvido, já que as redes sociais e outras ferramentas de compartilhamento de informações deverão ser frequentemente alimentadas e monitoradas para que você saiba o que estão falando e o impacto das ações junto aos colaboradores.

xxxxx

Não basta o trabalho do RH, outros departamentos da organização devem ser envolvidos

O Employer Branding representa sua reputação para os colaboradores e novos talentos do mercado. Para criar um bom clima organizacional, além de bons salários e outras vantagens, é preciso ter uma política assertiva e diferenciada. Ao fazer isso, você contrata e retém vendedores de peso para sua empresa.

Saiba mais sobre o trabalho da área de Comunicação Interna clicando aqui.