A avaliação de desempenho individual de funcionário é uma ferramenta valiosa e indispensável em qualquer empresa.

Mas você sabe como fazer a avaliação de desempenho individual de forma prática e objetiva, realmente aproveitando todos os benefícios que ela pode trazer para a empresa e para o colaborador?

A verdade é que muitas vezes encaramos a avaliação de desempenho como uma tarefa burocrática e acabamos não usufruindo de todo seu potencial!

Está sem tempo para ler o conteúdo? Gostaria de poder acompanhá-lo enquanto dirige, caminha ou realiza outra atividade? Então não perca tempo e ouça este artigo na íntegra. Basta clicar no play! Agradecemos o seu feedback nos comentários. 🙂

É fundamental ter em mente que por meio dela é possível analisar e refletir sobre os pontos fortes e sobre as fragilidades e limitações de cada colaborador ao desempenharem suas funções. E, assim, buscar maneiras de sanar as deficiências e maximizar suas qualidades

Além disso, esse importante instrumento de gestão de pessoas permite identificar e compreender quais são fatores (internos e externos) que exercem influência sobre a performance dos colaboradores.

Neste artigo, você vai conferir um passo a passo de como fazer avaliação de desempenho individual dos funcionários da sua empresa:

  1. Avalie os resultados do colaborador no cumprimento das metas;
  2. Identifique as melhorias desde a última avaliação;
  3. Aponte que aspectos o colaborador precisa desenvolver;
  4. Estabeleça novas metas para o futuro;
  5. Separe um espaço para comentários livres;
  6. Escolha o período de intervalo entre as avaliações;
  7. Defina os prazos para corrigir as falhas e limitações;
  8. Utilize métricas na sua avaliação de desempenho;
  9. Arquive todas as avaliações.

Ao final, vamos mostrar também um exemplo de formulário com algumas perguntas que você pode usar para avaliar a performance dos seus colaboradores individualmente.

Leia também: Avaliação de desempenho e feedback: faça com naturalidade

Passo a passo: como fazer avaliação de desempenho individual?

Para saber como fazer avaliação de desempenho individual, é necessário considerar os aspectos comportamentais e técnicos que serão incorporados no formulário de avaliação.

Isso significa que os tópicos avaliados nas perguntas não podem se restringir à parte de execução técnica das tarefas.

É necessário ir além e considerar também como o colaborador se comporta no trabalho, seu relacionamento com colegas e superiores e sua adaptação à cultura organizacional.

Feita essa ressalva, vamos ao nosso passo a passo de como fazer avaliação de desempenho individual.

1. Avalie os resultados do colaborador no cumprimento das metas

Neste primeiro passo de como fazer avaliação de desempenho individual, verifique os resultados obtidos pelo colaborador. Será que ele conseguiu alcançar todas as metas que foram propostas?

Procure avaliar as realizações de cada funcionário.

Difícil ter todos esses dados à mão?

Realmente, só com ajuda da tecnologia sua empresa poderá contar com relatórios precisos do desempenho de seus colaboradores.

Softwares de gestão de performance, ferramentas ERP e sistemas de CRM são alguns dos exemplos de como usar esses programas de gestão empresarial na prática.

Veja como um CRM pode fazer toda diferença nessa hora:

2. Identifique as melhorias desde a última avaliação

A avaliação de desempenho também precisa levar em conta a evolução histórica do colaborador. Faça observações a respeito das melhorias comportamentais e técnicas desde a última vez que o colaborador foi avaliado.

Para isso, não deixe de manter um registro do que foi apurado e também o que foi acordado com o colaborador acerca de como impulsionar seu desempenho.

Veja mais: Busque a melhoria contínua: 4 métodos de avaliação de desempenho de vendas para usar na sua empresa

3. Aponte que aspectos o colaborador precisa desenvolver

Depois de olhar o histórico, é importante definir o que se espera do colaborador daqui para frente. Explique quais habilidades e comportamentos você acredita que o funcionário ainda precisa desenvolver.

Por exemplo: se ele está com dificuldades de fechar vendas, talvez deva ler livros sobre técnicas de persuasão e de negociação. Ou, caso esteja pensando em ser promovido para um cargo de liderança, pode ser interessante fazer um MBA ou um curso de idioma estrangeiro. 

4. Estabeleça novas metas para o futuro

Esse é o momento de definir os resultados que você quer ver na próxima avaliação de desempenho. Quais são as novas metas que o colaborador precisa alcançar?

Estamos falando dos resultados objetivos de desempenho, como vendas fechadas, clientes atendidos, consultorias realizadas, entregas feitas etc.

Além disso, ações concretas de melhoria.

No tópico anterior, falamos em ler livros e fazer cursos, mas as ações podem ser outras, como procurar um mentor dentro da empresa, ou desenvolver uma iniciativa de projeto próprio.

Por fim, é importante também alinhar as metas pessoais do colaborador com as metas da empresa.

Isto é: como ele pode fazer com que seus resultados na empresa o ajudem a atingir seus objetivos de vida?

Concluindo, você deve estipular 3 tipos de metas, inter relacionadas entre si, um conjunto de metas para o colaborador:

  1. Metas de resultados para a empresa;
  2. Metas de atividades de melhoria que o colaborador deve cumprir;
  3. Metas pessoais, os sonhos do colaborador.

DICA: O Agendor desenvolveu uma ferramenta especial para vendedores realizarem seus sonhos e, ao mesmo tempo, atingirem suas metas no negócio onde trabalham. Se você atua nesta área, acesse agora: Funil dos Sonhos

Leia mais: Funil dos Sonhos – Motivação de vendas além das metas da empresa

Veja também o vídeo:

E, para ter domínio total sobre a ferramenta, assista a esta videoaula gratuita: Como usar o método do funil dos sonhos para engajar vendedores

5. Separe um espaço para comentários livres

Ao elaborar a avaliação de desempenho, reserve um espaço para comentários e considerações finais. Dessa forma, você e o colaborador poderão discutir os pontos que foram avaliados.

Além disso, é importante abrir esse espaço em que ele também possa se expressar.

6. Escolha o período de intervalo entre as avaliações

É importante que esteja bem estabelecido qual será o período de intervalo entre uma avaliação e outra.

O mais indicado é que as avaliações individuais sejam feitas trimestralmente. Assim, o colaborador tem mais oportunidades de fazer as melhorias necessárias antes da avaliação anual, que costuma ser mais aprofundada.

7. Defina os prazos para corrigir as falhas e limitações

A avaliação de desempenho individual também precisa deixar claro qual é o prazo para que as deficiências identificadas pelo avaliador sejam corrigidas pelo funcionário.

Estabelecer o que o colaborador deve fazer, como indicado no item 4, não é suficiente.

Defina um cronograma para que o colaborador atinja cada um dos 3 tipos de metas:

  1. Metas de resultado operacional;
  2. Metas de melhoria;
  3. Metas pessoais.

Veja também: Como avaliar o desempenho de um funcionário e melhorá-lo

8. Utilize métricas na sua avaliação de desempenho

As métricas e indicadores são instrumentos que vão dar um melhor embasamento para a sua avaliação de desempenho.

É possível dar um panorama mais completo sobre a performance dos colaboradores a partir do uso de dados concretos.

Veja este exemplo de metas de vendas:

9. Arquive todas as avaliações

É muito importante que você mantenha um registro organizado de todas as avaliações de desempenho individuais. Assim, poderão ser feitas comparações e analisar com mais clareza o progresso dos colaboradores.

Exemplo de formulário de avaliação de desempenho individual

Separamos aqui um exemplo de avaliação de desempenho individual. Você pode criar o seu formulário inspirado nos seguintes tópicos:

O colaborador:

  • Alcançou todas as metas propostas?
  • Possui um bom relacionamento com os colegas?
  • Apresenta proatividade?
  • Compartilha suas boas ideias e conhecimentos técnicos com o time?
  • Utiliza a criatividade para encontrar soluções?
  • Sabe delegar atividades e tem espírito de liderança?
  • É capaz de inovar em suas estratégias?
  • Lida bem com situações de conflito?
  • Cumpre os prazos que são estabelecidos?

Além de um formulário desse tipo, com perguntas e respostas com opções ‘sim’ ou ‘não’, você também pode usar uma planilha automatizada, com diversas informações, tais como:

  • Desempenho objetivo do colaborador ao atingir metas;
  • Coluna para definir pesos para cada indicador, em função de sua importância;
  • Resultado final calculado automaticamente, dando um Score de Desempenho;
  • Instruções de como usar a Matriz 9 Box, com células pré-formatadas;
  • Dicas de que providências tomará para capacitar os colaboradores.

Ficou interessado? Então, baixe agora, este material, é gratuito: Planilha de avaliação de vendedores em Excel Grátis

Bom, conseguiu entender como fazer avaliação de desempenho individual?

Siga os passos que citamos aqui e se inspire no exemplo de formulário e na planilha gratuita para avaliar os seus colaboradores e conduzi-lo à alta performance.