Carta de apresentação de empresa? É disso mesmo que você precisa?

Atualmente, enviar uma carta de apresentação para clientes corporativos pode ser um pouco raro. No entanto, é exatamente este “inusitado” que pode chamar a atenção de seus clientes, cansados de receber centenas de e-mails marketing diariamente.

Kit de Planilhas de Vendas

3 planilhas para te ajudar a planejar a sua rotina comercial

Mas, para que isso funcione, é preciso usar um envelope diferenciado, ou até mesmo uma caixa, com um brinde discreto.

Nesse caso, a carta de apresentação de empresa para cliente corporativo se transforma em uma verdadeira ação de marketing.

 

Outro momento em que é possível precisar de uma carta de apresentação de empresa  é quando algumas companhias exigem esse tipo de documento de seus fornecedores, juntamente com certificados, licenças, comprovação de faturamento e outros documentos para fazer um cadastro.

Por isso, criamos para você você um checklist com dicas de como escrever uma carta de apresentação de empresa.

Mas, antes disso, dê uma olhada em algumas formas alternativas de se fazer isso!

Carta de apresentação de empresa: Quais as alternativas?

E-mail

Sim, talvez um e-mail seja mais apropriado. No caso, o texto pode ser o mesmo da carta de apresentação de empresa baseada no checklist que você vai ler mais adiante.

Apenas lembre-se de incluir links para seu site, blog, LinkedIn e até para vídeos e apresentações em Power Point.

Apresentação de slides

Em PPT ou formato PDF, talvez uma apresentação ilustrada com imagens e com um design gráfico diferenciado, respeitando a identidade visual do seu negócio, seja  mais efetivo que a carta ou um e-mail simples.

Confira e baixe gratuitamente um modelo de apresentação comercial 

Produzir um vídeo curto

Já foi o tempo em que fazer um vídeo de animação era caríssimo e demorava meses.

Hoje, existem plataformas que te ajudam a criar excelentes vídeos de apresentação de empresa. Basta ter algum “jeito para a coisa” e usar templates prontos.

Veja alguns sites bacanas que podem te ajudar a produzir facilmente (e até de graça) um vídeo de apresentação de sua empresa:

Aliás, dê uma olhada no vídeo de apresentação do Agendor:

Uma página web específica para isso

Não estamos falando do seu site completo.

Crie uma página com as informações que você vai conhecer no checklist mais abaixo, e acrescente vídeos, animações, PPTs, depoimentos, infográficos e ilustrações que vão apresentar sua empresa de forma bem mais efetiva para o cliente. Envie esse link para ele.

Vai ter que fazer uma apresentação pessoal de sua empresa? Confira esta dicas:

Checklist: 10 dicas práticas de como escrever uma carta de apresentação de empresa

Saber como escrever uma carta de apresentação de empresa vai ficar bem mais fácil depois destas dicas!

1- Comece falando da solução que sua empresa oferece ao mercado

Nós insistimos muito nisso em nosso blog: deixe claro para seu cliente as vantagens, benefícios e soluções que ele vai ter se relacionando com sua empresa.

Atributos e características são secundários!

2- Um mini parágrafo com informações “burocráticas”

O ideal seria nem colocar isso, mas algumas pessoas podem estranhar.

Hoje, com tantas coisas para fazer e analisar, ninguém quer perder tempo para saber há quanto tempo sua empresa está no mercado, quantos funcionários tem e onde ficam as filais.

Para alguns negócios, isso pode até ser relevante, mas evite informações que não mostram quais vantagens, benefícios e soluções sua empresa pode levar ao cliente.

3- Use subtítulos

Pode parecer estranho usar subtítulos em sua carta de apresentação de empresa, mas eles são excelentes para ajudar o leitor a entender o conteúdo do texto.

4- Apresente uma lista de clientes relevantes

Uma empresa que tem como clientes empresas de renome no mercado, pode colocar essa lista em sua carta de apresentação. Mas, se a lista for de empresas desconhecidas, talvez não agregue em nada na apresentação. Leve isso em conta.

5- Acrescente depoimentos

Colocar depoimentos de clientes satisfeitos sempre é muito bom. Além disso, é uma boa saída para aquelas empresas que não tem clientes conhecidos no mercado.

6- Fatos relevantes e interessantes

Dizer coisas como: “Já financiamos mais de 1 bilhão em empréstimos para pequenas empresas” é muito mais interessante que o burocrático: “Estamos há 20 anos no mercado e contamos com tantas filiais e vasta experiência”.

Use fatos que realmente impressionam.

7- Currículo dos sócios

Hum… nem sempre é necessário.

Em empresas que prestam serviços em que o nome do profissional é importante, como escritórios de advocacia, engenharia, arquitetura, clínicas médias etc, talvez seja interessante.

Mas para outros ramos, como uma fábrica de autopeças ou uma distribuidora de alimentos, o currículo dos sócios ou administradores de alto escalão pode ser irrelevante.

8- Não seja formal demais

Cuidado com o excesso de formalismo em sua carta de apresentação. Para alguns ramos criativos, como publicidade, por exemplo, a carta pode ser bem leve e descontraída.

Para outros, como direito, bancos e contabilidade, é importante passar seriedade. Mas evite ser formal demais e acabar escrevendo um texto chato, que ninguém quer ler.

9- Parágrafos curtos

Este é um erro muito comum ao escrever uma carta de apresentação de empresa: escrever parágrafos longos demais.

Os parágrafos devem ser curtos, com 3 ou 4 linhas, no máximo. Isso ajuda o leitor a continuar a leitura.

10- Não esqueça o fechamento da carta

Se você enviou uma carta de apresentação de empresa, algum objetivo você tinha com isso, não?

Marcar uma visita? Convidar para conhecer as instalações? Solicitar um telefonema?

Se esse for o caso, deixe isso claro no final da carta, com uma frase do tipo:

Aguardamos seu contato para agendarmos uma visita pessoal à sua empresa.

Uma carta de apresentação de empresa, e-mail ou outra forma de contato semelhante são muito usadas na prospecção de clientes.

Baixe nosso e-book e conheça mais algumas técnicas para aumentar sua carteira: O Guia da Prospecção