Você já ouviu falar no uso de mapa mental para vendas?

Trata-se de uma ferramenta utilizada para representar visualmente diferentes ideias e conceitos. As informações, em vez de serem dispostas em formato linear, são organizadas a partir de conexões, simulando a maneira com que o nosso cérebro opera.

Kit de Planilhas de Vendas

3 planilhas para te ajudar a planejar a sua rotina comercial

Para quem atua no setor de vendas, os mapas mentais podem ser muito úteis na definição de estratégias, na organização dos fluxos de trabalho, na identificação de oportunidades de negócio e na elaboração de metas e objetivos, por exemplo.

Ficou curioso? Então continue a leitura deste artigo para entender melhor o que é um mapa mental e conferir um passo a passo de como elaborar um mapa mental para vendas.

Leia também: Plano de ação 5W2H: tire seus projetos do papel!

O que é um mapa mental?

O mapa mental pode ser definido como uma ferramenta para organização de ideias e gestão de informações.

Criado na década de 1970 pelo psicólogo Tony Buzan, o mapa mental surge após o seu criador identificar certas limitações no modelo de anotações e esquematização linear.

Tony Buzan, então, percebeu que seria muito mais eficaz esquematizar o pensamento por meio de conexões entre diferentes tópicos, utilizando diferentes cores e recursos visuais, como balões e setas.

Fonte: Art is Fun

No mapa mental, diferentes ramificações partem de um tópico central, organizando visualmente o pensamento com imagens, símbolos, cores e palavras-chave.

Dessa forma, o cérebro consegue compreender melhor as informações ali dispostas e fazer análises mais completas.

Isso traz mais clareza para as tomadas de decisão e para a identificação de soluções para problemas de diferentes naturezas.

Por isso, os mapas mentais são muito usados nos mais diversos ramos de negócio, ensino e pesquisa.

Passo a passo: como fazer um mapa mental de vendas

Agora que você já sabe o que é um mapa mental, confira nas próximas linhas quais passos você deve seguir para criar um mapa mental de vendas, especificamente.

Passo 1 – Separe os materiais necessários

O primeiro passo para criar o seu mapa mental é separar os materiais necessários. Se você optar por fazer manualmente, serão necessários materiais como cartolina, canetas de diferentes cores, cola comum e revistas velhas para recortar imagens e outros símbolos.

Passo 2 – Defina o tema central do seu mapa

Em seguida, você precisa definir qual será o tópico central do seu mapa.

No caso do setor de vendas, o tema guarda-chuva pode ser “Aumentar a Taxa de Conversão” ou então “Fidelização”.

Nesta etapa, tenha em mente que é desse tema que sairão as demais ramificações.

Passo 3 – Faça as primeiras conexões

Com o tópico principal posicionado no centro do mapa, você deverá fazer as primeiras conexões.

Se, por exemplo, o tema central for “Fidelização”, os primeiros sub-tópicos podem ser “Atendimento”, “Promoções” e “Qualidade do Produto”.

A intenção é puxar assuntos e ideias que se relacionam diretamente com a temática principal.

Passo 4 – Faça as conexões seguintes

Dos primeiros sub-tópicos, deverão ser feitas as conexões secundárias, terciárias e assim por diante, até onde você achar necessário.

O objetivo é organizar as ideias e informações de maneira hierárquica, dissecando ao máximo o tema central.

Passo 5 – Insira recursos visuais no seu mapa mental

Evite fazer uso de frases muito longas para expressar suas ideias. Dê preferência a palavras-chave e recursos visuais, como imagens e desenhos, por exemplo.

Faça uso de diferentes cores, mas não de maneira aleatória. Cada cor deve representar algum conceito, ideia ou ação.

Assim, fica mais fácil visualizar e entender o conteúdo do seu mapa mental de vendas.

Passo 6 – Revise o seu mapa mental de vendas

Depois de pronto é de extrema importância que você e sua equipe de vendas façam uma revisão minuciosa do mapa mental.

Confira se não está faltando nada e se as informações estão facilmente compreensíveis.

Procure fazer revisões periódicas também. Assim, você pode acrescentar um tópico que no início não fazia muito sentido, mas que agora faz.

Alguns exemplos de mapas mentais de vendas

Criamos para você um mapa mental com ajuda do aplicativo MindMeister. Trata-se de um mapa mental de perguntas para fazer para seu cliente, baseadas na metodologia de vendas SPIN Selling.

Você conhece a metodologia SPIN Selling? Então, confira: SPIN Selling: tudo o que você precisa saber para vender mais

Seguindo essa metodologia, um vendedor de um software de gestão de vendas poderia construir o seguinte mapa mental para desenvolver perguntas para seus clientes:

mapa mental vendas

Mas existem outros softwares de mapa mental (veja mais adiante) e outras utilidades para ele na área de vendas. Confira mais 2 exemplos:

Mapa mental de planejamento de visitas de vendas:

7 dicas de ferramentas para criação de mapa mental de vendas

Caso você não queira construir seu mapa mental de vendas manualmente, é possível recorrer à tecnologia.

Atualmente, existem vários softwares especializados na criação de mapas mentais. Muito deles permitem a construção colaborativa em tempo real e compartilhamento.

Confira a seguir algumas dicas de ferramentas que separamos para você:

  1. MindMeister
  2. WiseMapping
  3. Coggle
  4. XMind
  5. MindMup
  6. iMindQ
  7. Bubbl.us

Ficou claro o que é e como criar um mapa mental de vendas? Então, que tal criar um para a sua equipe comercial e otimizar seus esforços e resultados?

Outra forma de melhorar o desempenho de sua equipe é contar com um bom sistema de CRM. Baixe nosso e-book e saiba mais sobre essa ferramenta de relacionamento com seu cliente: [Nova edição do ebook] Guia para o sucesso com CRM