A Move On Marcas é um negócio completamente digital, que tem o objetivo de facilitar o processo de registro de marcas para empreendedores de todo o Brasil. 

Desde 2019 no mercado, a Move On Marcas tem uma história recente, mas vem construindo uma trajetória de diferenciação no mercado e conquistando cada vez mais clientes. E o Agendor faz parte desse crescimento! 

Utilizando o sistema de CRM do Agendor desde novembro de 2020, a empresa sentiu um efeito direto não apenas na rotina do time, mas, principalmente, no volume das vendas. 

case move on marcas agendor

Para saber mais sobre o processo de implementação e os benefícios que a plataforma pode trazer para empresas de serviços B2B, conversamos com Henrique Stadnik Gaertner, um dos sócios-fundadores da empresa e responsável pela equipe comercial.

Qual é o modelo de vendas da Move on Marcas e a configuração da equipe comercial?

Atualmente, somos mais focados em inbound sales, pois começamos a atuação da empresa apostando nessa estratégia. Estamos, porém, avançando na operação de outbound para termos um modelo misto e que seja capaz de ampliar nossa presença no mercado. 

Neste contexto, nossa equipe é formada hoje por quatro vendedores focados em inside sales para tratar os leads inbound e um profissional que está estruturando a estratégia de outbound. Além de mim, que faço a gestão do time.

Como foi o início da operação de vendas? Vocês já contavam com um CRM para empresas de serviços B2B quando começaram?

Eu e meu sócio somos da área de Direito. Por isso, quando começamos a Move On Marcas, não tínhamos muita noção de como funcionava uma operação comercial ou de marketing. 

Então, no início, utilizávamos o Pipefy para fazer o gerenciamento de processos e adaptamos a ferramenta para outras funções, como a gestão de leads. Mas era algo improvisado e, conforme fomos nos desenvolvendo, sentimos que tínhamos demandas que não estavam sendo atendidas e que precisávamos de um CRM com foco no nosso perfil de negócio. 

Fazia falta, por exemplo, contar com uma plataforma que oferecesse possibilidade de mensuração, visualização de conversão de uma etapa para a outra, verificação de classificação dos vendedores, gestão da carteira de clientes, acesso a histórico de vendas, entre outras funcionalidades.

Com essa percepção, como foi o processo de busca e contratação do sistema de CRM?

Eu cuidei da contratação juntamente com um dos nossos vendedores, a fim de ter também uma segunda visão para tomar a melhor decisão. Fomos bem criteriosos nesse processo por alguns motivos. 

Primeiro, somos uma empresa em crescimento e não queríamos investir mais do que o necessário. Além disso, analisamos muito bem a usabilidade das ferramentas. 

Disparamos vários pedidos de orçamento e a partir disso fomos conversando com algumas empresas, como Nectar, Pipedrive, Salesforce e outras. Muitas demoraram para responder e esse já foi um primeiro critério, pois acredito que uma empresa de CRM precisa conseguir me atender bem comercialmente para eu acreditar que ela vai me entregar uma boa ferramenta comercial de CRM para empresas B2B. 

E o que determinou a escolha pelo Agendor?

Desde o começo, o bom atendimento foi um grande fator decisor. Evidentemente, o valor também foi importante, pois o Agendor tem um valor super competitivo quando comparado aos concorrentes. Na verdade, posso dizer que foi um pouco de tudo: a usabilidade da ferramenta, que pareceu muito simples e intuitiva, também pesou. 

Outro diferencial que nos ajudou a decidir pelo Agendor foi a barra de relatórios, que é muito visual e útil. Buscamos um CRM também porque sentíamos falta de metrificações e o Agendor entrega isso. Você clica nos relatórios e já visualiza um gráfico sobre as principais origens de leads, já pode criar uma tabela de classificação dos vendedores e assim por diante. 

Ainda, na plataforma também é possível agendar tarefas para cada lead. Então, o vendedor entra no Agendor pela manhã, clica em “tarefa” e já encontra tudo que tem para fazer no dia. Ter todo esse controle de forma bem simples ajuda bastante, tanto o vendedor, quanto o gestor. 

Conheça o Agendor em 6 minutos!

Como foi a implementação do CRM do Agendor?

A implementação foi tranquila. Tivemos acesso a todos os vídeos de explicação e uma pessoa do time do Agendor conversou conosco e explicou tudo em detalhes e de forma muito clara durante o processo de Treinamento do Agendor. 

Inclusive essas conversas foram muito boas e ficaram gravadas no nosso sistema. Hoje utilizamos esse vídeo no nosso onboarding comercial, inclusive. É claro que depois esse atendimento teve continuidade, pois surgiram dúvidas e sempre fomos atendidos prontamente. O atendimento do Agendor é realmente muito bom, tanto por chat, quanto por e-mail ou em reuniões. 

Enfim, foi tudo bem simples e se trata de um CRM bastante intuitivo, sem dúvidas. Portanto, depois de entender o funcionamento da ferramenta, o uso foi imediatamente incorporado.

O que mudou do ponto de vista da gestão da equipe com a utilização do CRM para empresas B2B?

A gestão melhorou muito e também ajudou em nossa estratégia de marketing. Hoje, o marketing consegue visualizar exatamente qual canal está entregando melhor, qual tem o melhor ROI

Em relação ao gestor de vendas, o CRM do Agendor é muito bom porque permite um controle dos números e conversões. Eu consigo visualizar, por exemplo, o número de leads de cada vendedor, mas posso ver também se eles estão com tarefas agendadas. Posso, ainda, fazer comparações em relação aos outros meses — tudo isso é muito importante para a gestão de vendas.

Vocês tiveram algum tipo de resistência do time na adoção do Agendor?

Não tivemos nenhuma resistência, até porque o time era pequeno. Na época, tínhamos apenas dois vendedores inside sales, além de mim e meu sócio, que hoje está mais focado no marketing. 

Como já utilizávamos o Pipefy antes, ficamos empolgados por começar a usar de fato um CRM para empresas de serviços B2B, pois fazia todo o sentido para apoiar nosso crescimento.

Vocês conseguem avaliar se tiveram melhoria dos resultados em vendas com o Agendor, apesar de ter começado a usar o CRM recentemente?

Com certeza, a empresa no geral está crescendo bastante. Desde novembro — quando começamos e que foi, inclusive, o melhor mês de 2020 —, aumentamos muito o número de contratos fechados. 

Hoje já estamos com o dobro das vendas de novembro e esperamos logo triplicar esse volume. É evidente que também melhoramos em outras áreas, mas, com certeza, com o Agendor, o comercial evoluiu muito. Não teríamos conseguido vender tanto se ainda estivéssemos com o antiga ferramenta ou com um CRM inadequado para nosso perfil de empresa

Isso porque trabalhamos com uma quantidade muito grande de leads. Nosso modelo de negócio é baseado em uma venda pontual e de um valor que não é muito alto. Logo, temos também muitos clientes para atender e organizar o tempo inteiro. Nesse cenário, ter um CRM que se adequa à nossa realidade, que inclui atender e conversar com muitas pessoas, é imprescindível. 

Entenda como funcionam os relatórios de vendas do Agendor:

Sobre a rotina do comercial, como você e o seu time utilizam a ferramenta na prática?

O CRM é fundamental na rotina dos vendedores, pois permite agilizar muito o trabalho. Se você está com o Agendor em dia, com o CRM organizado, é só clicar na aba de “tarefas” e  ver tudo que precisa ser feito naquela data. A partir disso, como gestor, monitoro se o vendedor já atendeu e já agendou uma próxima tarefa. 

Aqui temos uma regra interna que consiste em não deixar o lead “sem tarefa”. Portanto, se você não tem ideia de quando precisa retornar, o combinado é marcar para o dia seguinte para entender se, passado um dia, algo mudou e pode ser atualizado. Isso porque, em função de trabalharmos com um volume muito grande de leads, não podemos esquecer nenhum deles — e o Agendor é essencial nesse sentido.

Se fosse dar um conselho sobre a busca por uma ferramenta de CRM para empresas de serviços B2B, o que diria?

Uma questão importante a analisar é a usabilidade, o que inclui fazer os testes do CRM antes da contratação. Existem muitos sistemas que oferecem um grande número de funcionalidades, mas nem tudo é tão útil para o seu caso e pode acabar confundindo em vez de ajudar a simplificar a operação comercial.

Neste sentido, a maioria das plataformas, inclusive o Agendor, oferece a possibilidade de testar por um período de forma gratuita. Nós fizemos alguns testes para realmente experimentar as ferramentas e foi essencial para a decisão. 

Além disso, é muito importante entender também qual sistema faz mais sentido para a sua empresa, pois alguns funcionam melhor para um determinado segmento ou modelo de negócio. No caso do Agendor, ele é excelente para pequenas e médias empresas. 

Como você resumiria o antes e depois do Agendor para a Move On Marcas?

As palavras “organização” e “eficiência” representam bem o que a Move On Marcas ganhou com o Agendor. Para gerenciar toda a operação do negócio, você precisa saber o que fazer para não perder nenhuma tarefa. E o CRM dá esse direcionamento, pois é como se ele mostrasse: “faz esse follow up que você vai vender” ou “fala com tal lead que ele pode fechar”.

Dessa forma, o Agendor ajuda demais os vendedores, que dão sempre um feedback muito bom em relação ao sistema. E do ponto de vista de gestão, vemos um efeito muito positivo, todos os vendedores estão batendo metas e as vendas aumentando! 

Quer saber como um CRM para serviços B2B pode transformar sua operação comercial?

Se inspirou com o caso de sucesso e quer saber como o Agendor pode se tornar a central de gestão comercial do seu negócio, contribuindo para conquistar resultados mais previsíveis, dando mais autonomia ao time de vendas e levando a equipe à alta performance?

Faça um teste gratuito e conheça na prática as funcionalidades e os benefícios do Agendor como CRM para serviços B2B!

Veja mais práticas de sucesso de implantação de CRM para equipes de vendas: acesse nosso Guia para sucesso com CRM!