Se a sua empresa deseja criar uma equipe de alta performance, ela precisa primeiro ter um líder de alta performance que vai desafiar seus colaboradores e alcançar os objetivos da organização. Como fazer isso? Por meio dos treinamentos para liderança

Está sem tempo para ler o conteúdo? Gostaria de poder acompanhá-lo enquanto dirige, caminha ou realiza outra atividade? Então não perca tempo e ouça este artigo na íntegra. Basta clicar no play! Agradecemos o seu feedback nos comentários. 🙂

Não importa se o líder é o dono da empresa ou um colaborador que se destacou entre os demais e foi promovido. Ao contrário do que muita gente pensa, a habilidade de liderança pode ser desenvolvida em todas as pessoas, basta treinamento e dedicação.

Líderes chamados de natos são, em geral, pessoas que conseguem captar a atenção de quem está ao redor e “fazer a coisa toda acontecer”. Tudo isso pode ser treinado durante programas de desenvolvimento de liderança

Mas, então, quais os treinamentos para liderança? 

A seguir, apresentaremos o conceito e o objetivo do treinamento de liderança, seus tipos e um breve passo a passo para montar um treinamento para seus gestores desenvolvam melhores  técnicas de liderança

Atenção: os tais líderes natos também devem estar constantemente se capacitando, tanto tecnicamente como nas chamadas soft skills

O que é um treinamento de liderança?

Um treinamento de liderança consiste em um curso que tem como objetivo aprimorar e praticar as principais competências importantes para que gestores consigam direcionar sua equipe para os resultados.

Para essa finalidade, existem várias habilidades que precisam ser trabalhadas, como:

  • inteligência emocional;
  • comunicação;
  • delegação;
  • feedback;
  • criatividade;
  • responsabilidade;
  • flexibilidade;
  • comprometimento;
  • confiabilidade.

Por essa razão, aplicar um treinamento de liderança é essencial para as empresas que desejam ter líderes inspiradores, que conseguem lidar com diversas situações e pessoas com diplomacia, atingindo os resultados desejados. 

E isso está longe de ser fácil. Afinal, não existe uma profissão de líder. Se tornar líder é uma consequência. Por isso é tão difícil adaptar esse cargo nas diversas áreas de uma empresa e é por esse motivo que aplicar essa capacitação para os líderes é tão importante.

Confira também: Como melhorar a comunicação no ambiente de trabalho? 9 dicas simples!

Qual o objetivo do treinamento de liderança?

O objetivo do treinamento de liderança é exercitar e desenvolver as principais competências que um líder deve ter, de maneira estratégica.

Ou seja, é preciso entender o porquê se faz necessário esse treinamento. É a comunicação com os liderados que está deixando a desejar? Ou o líder possui dificuldade em delegar tarefas para sua equipe?

Sem essa visão do que é preciso melhorar, você pode se perder um pouco no momento em que for implementar um treinamento de liderança na sua empresa. Isso porque, como você verá ao longo do artigo, existem vários temas específicos de treinamento de liderança, cada um com um foco, para resolver determinado problema. 

No entanto, mesmo que haja realmente um problema, é interessante sempre considerar aplicar um treinamento de liderança para os gestores. Afinal, algo sempre pode ser aprimorado. 

Além disso, os gestores se motivam ainda mais para trazer melhores resultados uma vez que percebe que a empresa se preocupa em despertar seu potencial e investe em conhecimento. 

E para trazer melhores resultados, os líderes precisam saber como nortear seu time para as metas e objetivos. São eles que colocam a mão na massa no dia a dia, e sem o direcionamento e a motivação correta, não alcançarão o escopo da área.

Por isso, investir em treinamentos de liderança é investir em recursos que trazem resultados!

Este artigo também pode ser interessante para você: Como fazer um treinamento de inteligência emocional no trabalho?

5 temas de treinamentos de liderança

Antes de listarmos os principais temas de treinamentos para liderança para empresas é importante que a gente recorde o papel de um bom líder:

  • Inspirar seus colaboradores;
  • Incentivar a inovação e a melhoria contínua de processos;
  • Colocar a equipe em sintonia com os objetivos da empresa;
  • Resolver conflitos internos;
  • Manter a equipe motivada;
  • Garantir as ferramentas necessárias para a boa execução de todas as atividades;
  • Auxiliar a equipe na resolução de problemas;
  • Dar autonomia para seus liderados;
  • Disseminar boas práticas e mais.

Com tudo isso em mente, vamos partir para as opções de treinamento para liderança. 

1. Treinamentos técnicos

Você já ouviu a frase “pra mandar é preciso saber fazer”? Um líder não manda, entretanto, um líder precisa ter conhecimento para guiar seus colaboradores e analisar as propostas apresentadas por sua equipe. 

Por exemplo, um líder de vendas precisa analisar uma ação de vendas e identificar se ela está sendo efetiva ou não. 

Um bom gestor deve ser capaz de identificar lacunas e propor melhorias. Um líder de vendas precisa conhecer um script e ter informações sobre comportamento do consumidor, bem como conhecer um pouco sobre o funcionamento da mente humana e o que faz alguém desejar algo. 

Enfim, manter um programa de treinamento sobre questões técnicas do dia a dia do departamento é fundamental. 

Um gestor de vendas que não sabe o que é funil de vendas ou inside sales precisa de reciclagem imediatamente!

O mundo está mudando muito rápido e as técnicas que funcionaram ontem não funcionam hoje. 

A empresa pode criar um programa de capacitação técnica para líderes, investindo em cursos online ou presenciais, enviando esses líderes a eventos e mais. 

Atenção: você, como líder, não precisa saber realmente fazer tudo o que todos os profissionais que trabalham com você sabem, mas é preciso ter uma visão crítica sobre cada área, a fim de contribuir para as melhorias diárias de cada processo.

2. Gestão de Pessoas

Um líder lida fundamentalmente com pessoas, por isso, capacitações relacionadas a gestão de profissionais é fundamental para manter a equipe engajada, unida, motivada e em sintonia

Um curso de gestão de pessoas vai auxiliar o líder a criar uma política de feedbacks que seja efetiva, bem como estabelecer ferramentas de comunicação para manter o diálogo transparente e aberto. 

Além disso, aprender como cobrar seus colaboradores, de maneira que eles se sintam motivados a cumprir as metas, bem como aprender as melhores técnicas de avaliação de desempenho, é fundamental para o líder criar uma equipe de alto desempenho.

A gestão de pessoas não deve ser feita apenas pelos profissionais de RH, mas principalmente pelos gestores que atuam diretamente com esses colaboradores.

Você sabe quais são os diferentes tipos de equipes de trabalho? Confira este infográfico do Agendor:

3. Treinamentos para evitar a microgestão

A microgestão acontece quando o líder não dá autonomia para seus liderados. Ele distribui as tarefas, mas diz quando, como e o que deve ser realizado, tudo isso nos mínimos detalhes. 

Além disso, esse chefe (que não é o mesmo que líder) fica acompanhando cada passo de seus colaboradores para garantir que o estudo está indo como ele deseja. 

Isso não é bom! 

Um líder deve deixar sua equipe tomar decisões e realizar tarefas, porque confia que essa equipe está fazendo bem feito seu trabalho. 

Se você não confia na sua equipe, então deve propor a realização de alguns treinamentos que capacitem o seu time para que ele possa andar por conta própria.

A microgestão desmotiva o profissional e ainda ocupa um tempo preciso do chefe, que deveria estar realizando outras tarefas. 

Em suma, treinamentos para liderança não realizar a microgestão são fundamentais para criar uma equipe que seja autônoma e que alcance bons resultados.

No vídeo abaixo uma palestra organizada pela Endeavor com o tema “Gestão e liderança de pessoas na prática”, vale conferir para complementar o conhecimento que você adquiriu até aqui.

4. Gestão de Metas

Entre os treinamentos para liderança que sua empresa deve se preocupar está o treinamento em gestão de metas

Sua empresa deve ter um planejamento estratégico com objetivos bem definidos e, a partir disso, os líderes devem entender como sua equipe participa para o alcance desses objetivos e acompanhar como estão se saindo. 

Além disso, alguns departamentos podem ter metas internas, então é importante que o gestor saiba controlar, cobrar e medir os resultados alcançados.

5. Mentoria

O líder é muitas vezes visto como um mentor para seus liderados. Entretanto, é interessante criar um programa de mentoria para que os próprios líderes possam se desenvolver com a ajuda de profissionais ainda mais experientes, tanto de dentro como de fora da empresa.

A mentoria pode desenvolver seus líderes mais rapidamente, de maneira focada e exponencial.

Considere adotar um programa como esse para otimizar os treinamentos para liderança.

Como fazer um treinamento de liderança?

Acompanhe o passo a passo para entender como fazer um treinamento de liderança de maneira simples e assertiva:

1. Identifique a finalidade do treinamento

Por que você deseja aplicar um treinamento de liderança? Se você não tem essa informação clara, faça uma pesquisa de levantamento de necessidade para identificar aquilo que precisa ser melhorado ou desenvolvido nos atuais líderes.

Com essa informação, você saberá exatamente qual tipo de treinamento irá aplicar. 

Leia também: Levantamento de Necessidade de Treinamento: entenda quando é preciso treinar sua equipe

2. Selecione o material necessário

Agora que você sabe o que precisa ser trabalhado, busque por materiais como eBooks, guias, vídeos, webinars, palestras ou workshops para aplicar para seus gestores.

Se necessário, você pode contar com empresas especializadas em treinamentos corporativos para ministrar o curso. 

E para melhores resultados, considere aplicar vários formatos de conteúdos no treinamento. Isso facilita a compreensão do material compartilhado e torna o treinamento mais dinâmico. 

3. Faça uma avaliação antes e depois do treinamento

Assim que você entender o que precisa ser aprimorado no treinamento, faça uma pesquisa para diagnosticar como o cenário se apresenta agora. Assim, depois do treinamento, você pode fazer uma nova avaliação e, ao comparar os dois diagnósticos, terá maior visibilidade se o treinamento foi realmente proveitoso ou não.

É hora de praticar!

Entre as vantagens de adotar uma política de treinamentos para liderança estão: 

  • Aumento da produtividade;
  • Retenção de talentos com a redução da taxa de rotatividade de colaboradores;
  • Foco na gestão e alcance de metas;
  • Melhoria de performance individual e coletiva e mais.

Com o dia a dia corrido dentro das empresas, contratar uma empresa que irá colocar em prática seu programa de treinamento empresarial pode ser a melhor solução para elevar a qualidade de seus líderes.

Você pode encontrar fornecedores para todos os serviços que sua empresa precisa em um único lugar com o oHub. Acesse agora uma lista com empresas que oferecem cursos e treinamentos para liderança, faça um único pedido de orçamento e receba diversas propostas. Economize tempo e dinheiro e receba diversos orçamentos com um só pedido.

A política de treinamento pode ser percebida também na rotina. Só o fato de ter o hábito de compartilhar conteúdos ricos com os gestores da empresa sobre assuntos como liderança e gestão de pessoas já pode enriquecer ainda mais o conhecimento desses colaboradores.

Que tal começar agora mesmo compartilhando um dos nossos eBooks gratuitos sobre liderança com seus gestores? Baixe agora: Gestão de Equipe de Vendas: GUIA completo para líderes

Este artigo foi escrito pela OHub, plataforma que conecta empresas que estão precisando de um prestador de serviço com aquelas que buscam novos clientes.