Mais um ano chega ao fim e cá estamos novamente prontos para fazer a retrospectiva 2021 e olhar para os fatos que marcaram os negócios durante esse período – e, é claro, assimilar os aprendizados que ele nos trouxe para melhorar em 2022.

Apesar de ter sido parecido com 2020 em muitos aspectos, em 2021 vivemos, finalmente, o início da vacinação contra a Covid-19 e a retomada das atividades. E, apesar dos enormes desafios que ainda enfrentamos, sobretudo em termos econômicos, e da pandemia não ter acabado, já conseguimos ter um pouco mais de otimismo e esperança ao olhar para o que vem por aí.

Mas, antes de focar no que está por vir, sempre vale a pena analisar o que passou e de que forma esses acontecimentos afetaram os negócios, tanto para ter embasamento para fazer um balanço do ano, quanto para se preparar melhor para 2022. Então vamos à retrospectiva 2021. Ah, e desta vez também vamos falar sobre como foi o ano do Agendor. Acompanhe!

Retrospectiva 2021: fatos que marcaram o ano para os negócios

No ano que passou, diferentes tendências que 2020 já havia acenado se concretizaram: a grande mudança no comportamento dos consumidores se consolidou e o e-commerce bateu recordes. O modelo misto de vendas se tornou estratégico para diferentes empresas e a tecnologia foi o que possibilitou o crescimento ou a sobrevivência de muitos negócios.

Por outro lado, também tivemos alguns fatos que aconteceram ao longo do ano e que impactaram o setor comercial – alguns de forma positiva e outros nem tanto. Vamos à retrospectiva 2021:

Vacinação

Apesar de continuarmos em alerta em função do coronavírus, o ano já começou com um acontecimento bem marcante, que é o que permitirá que 2022 comece de forma bem diferente do último ano: a vacinação.

No Brasil, as vacinas contra a Covid-19 começaram a ser aplicadas em janeiro e, graças à estrutura e organização já existentes do SUS, encerramos 2021 com quase 70% da população imunizada.

Retomada das atividades

Graças à vacinação em massa promovida pelos estados, foi possível, aos poucos, ter uma flexibilização maior da necessidade de distanciamento social e ir retomando as atividades ao longo do ano.

Muitos negócios puderam retornar à sua operação normal (ou quase) e diversos eventos voltaram a acontecer de forma presencial. Na verdade, muitos também adotaram um modelo híbrido – com uma parte presencial e outra online – para se adaptar aos novos tempos.

Veja também: Planejamento de vendas 2022: pontos a considerar ao estabelecer as estratégias para o próximo ano

Economia 

O ano foi bem agitado para a economia e impactou direta ou indiretamente todos os negócios. Sendo assim, esse tópico não poderia mesmo ficar de fora da nossa retrospectiva 2021. 

A previsão para o ano era de recuperação lenta e crescimento tímido, mas o que realmente chamou a atenção ao longo de 2021 foi a inflação crescente que devastou o poder de compra dos brasileiros. A expectativa para o ano era de 3,32%, mas em novembro ela bateu 10,74%.

No mercado financeiro, as coisas também não correram muito bem. Infelizmente, a expectativa de maior estabilidade não se confirmou e, assim, a bolsa sofreu várias perdas e o dólar teve momentos de acentuada alta.

Contudo, apesar de diversos percalços e uma quebra no otimismo em relação à aceleração da economia, o PIB do ano deve fechar 2021 com desempenho melhor do que o esperado: alta de 4,58%, conforme o Boletim Focus.

Confira 10 dicas para melhorar a sua gestão de vendas em 2022:

0 dicas de Gestão de Vendas

LGDP

Apesar da Lei de Proteção Geral de Dados Pessoais (LGPD) ter entrado em vigor no ano anterior, foi em agosto de 2021 que passaram a valer as  sanções administrativas previstas para as empresas que não cumprirem as normas.

As novas regras dão aos cidadãos a possibilidade de autorizar ou não o uso de seus dados e saber como eles serão utilizados. Como tratamos neste outro artigo, isso impacta o dia a dia em vendas, principalmente no que se refere à prospecção.

Com a possibilidade real de serem penalizadas, as organizações que ainda não tinham se adequado tiveram que mudar as suas práticas em 2021. A partir deste ano, quem não seguir a legislação pode sofrer, além de advertência, multas simples e multas diárias, bloqueio e eliminação de dados e até proibição parcial ou total do exercício de atividades relacionadas ao tratamento de dados.

Metaverso

Por fim, o último fato que destacamos nessa retrospectiva 2021 para os negócios é a abertura da plataforma de realidade virtual Horizon Worlds, um passo da Meta, empresa dona do Facebook, na construção de visão do metaverso.

O metaverso é uma espécie de nova camada da realidade que integra o mundo real e o mundo virtual. Trata-se de um ambiente virtual imersivo construído por diversas tecnologias e que muitos entusiastas veem como a evolução da internet.

A plataforma da Meta não é considerada um metaverso completo, mas permite que os usuários se reúnam para conversar, jogar e construir seus próprios mundos virtuais. Logo,  ao que tudo indica, em breve poderemos simular situações presenciais com dispositivos de realidade virtual.

Veja também: Como a inteligência artificial pode ajudar sua empresa a vender mais

Retrospectiva 2021 do Agendor: um ano de realizações e reconhecimento

Além de pontuar alguns dos importantes fatos que marcaram o ano e impactaram de alguma forma o mundo dos negócios, neste artigo também gostaríamos de trazer a retrospectiva 2021 do Agendor.

Para nós, o ano foi de muitas realizações, superação de desafios, fortalecimento de parcerias estratégicas e expansão de impacto nos clientes. Ao longo da nossa história, já impactamos 520 mil empresas, tendo hoje 18 mil usuários ativos.

Em 2021, além de realizar melhorias estruturais na plataforma – simplificamos o cadastro e o registro de tarefas retroativas nos apps e aprimoramos o mapa de clientes -, lançamos uma série de novidades – como o Funil dos Sonhos e os Múltiplos Funis de Vendas.

Estreamos também nesse ano o Demoday de novidades e realizamos uma série de webinars. Ainda, foi também um ano muito especial em termos de reconhecimento, pois tivemos a nossa atuação premiada em diferentes âmbitos: 

  • Fomos selecionados entre as startups de maior potencial pela KPMG;
  • Recebemos o prêmio Colaborar para Inovar do Inovabra Habitat;
  • Fomos destaque na PEGN entre as ferramentas para aumentar a produtividade dos negócios;
  • Mantivemos a liderança na categoria CRM no Kmaleon.

O que vem por aí em 2022?

Olhando para o panorama que se desenha para o próximo ano, podemos dizer que 2022 será ainda um momento de consolidação de muitas mudanças que estão em curso desde o início da pandemia.

Certamente, veremos a transformação digital alcançar patamares ainda mais altos, com um enorme avanço tecnológico em diferentes setores. A sustentabilidade e outras questões importantes envolvendo os aspectos sociais e de governança das empresas seguirão se tornando mais importantes a cada dia. Assim, a preocupação com a agenda ESG não será mais um diferencial, mas uma obrigação.

Quanto ao formato de trabalho, é possível que o regime híbrido – que mistura atividades presenciais e remotas – seja regulamentado no Brasil em 2022. Um projeto de lei que determina que a modalidade de jornada deve constar no contrato de trabalho está tramitando no senado.

Veja também: Tendências de vendas para 2022: no que ficar de olho para planejar o próximo ano?

Vale lembrar, ainda, que teremos eleições presidenciais em outubro, acontecimento que deve movimentar bastante o cenário até 2023. Portanto, em geral, podemos dizer que estamos ainda em um momento de incertezas, tanto em relação ao contexto da pandemia quanto aos rumos do país.

A verdade é que, assim como o ano que passou, 2022 será também um ano desafiador em vários sentidos. Por isso, é fundamental monitorar o ambiente externo e usar os aprendizados que tivemos até aqui para buscar os melhores resultados no novo ano.

No Agendor, vamos seguir atuando para propagar relações valiosas entre gestores, vendedores e seus clientes e tornar o dia a dia dos profissionais de vendas cada vez melhor, mais empolgante e frutífero.

Para melhorar os resultados com inteligência, veja o nosso material sobre Como usar o Agendor para aumentar a sua eficiência em vendas!