Categorias
Negócios

Mundo BANI: não estamos mais no Mundo VUCA? Entenda esse novo paradigma!

Por muito tempo, o conceito de Mundo VUCA deu conta de descrever e ajudar a analisar a realidade em que vivíamos. Nos últimos tempos, porém, muitas coisas mudaram, o cenário se tornou cada vez mais imprevisível e se fez necessário atualizar esse paradigma. Essa é a ideia por trás do conceito de Mundo BANI.

Mas quais as características da realidade global no pós-pandemia? Como devemos agir para sobreviver às novas circunstâncias? O acrônimo BANI nos ajuda a responder essas perguntas.

Sendo assim, neste artigo vamos trazer a definição de Mundo BANI, explicar como se deu a passagem do VUCA para esse novo modelo e como isso tudo impacta os negócios. Acompanhe!

O que é o Mundo BANI?

BANI é um acrônimo formado pelas palavras brittle, anxious, nonlinear e incomprehensible – em português, frágil, ansioso, não-linear e incompreensível – que descreve o atual paradigma que a sociedade atual vive. 

O conceito de Mundo Bani foi criado pelo antropólogo norte-americano Jamais Cascio e definido em um artigo publicado no Medium em abril de 2020 e intitulado Facing the Age of Chaos (“Enfrentando a era do caos”, em tradução livre).

Conheça mais sobre o pensamento de Cascio sobre o futuro:

De acordo com o autor, a definição tenta dar conta de uma realidade composta por situações em que as condições não são simplesmente instáveis; são caóticas. Em que os resultados não são difíceis de prever; mas completamente imprevisíveis. Em que o que acontece não é ambíguo; mas é, na verdade, incompreensível.

Logo, o conceito de Mundo BANI busca enquadrar o momento atual que estamos vivendo. Mas o que significam exatamente as palavras que formam o acrônimo e de que forma elas explicam a nossa realidade? Bom, vamos tentar entender a seguir!

Frágil (brittle)

Uma coisa frágil é suscetível a falhas súbitas e catastróficas e pode até parecer ou ser forte, porém, encontra-se próxima a um ponto de ruptura no qual tudo desmorona. Assim é o mundo atual: ele pode estar sinalizando o tempo todo que é forte mesmo estando à beira do colapso.

Para sair um pouco do abstrato, podemos pensar nas consequências trágicas que o coronavírus teve e em como a pandemia trouxe à tona uma série de questões que demonstram o quanto vivemos em um sistema fragilizado, que pode ruir a qualquer instante.

Ou, ainda, em como a crise da empresa chinesa Evergrande afetou, recentemente, as bolsas do mundo todo e gerou pânico generalizado no mercado global

Ansioso (anxious)

Toda essa instabilidade gera a uma sensação de impotência, pois parece que não importa o que façamos, provavelmente não dará certo. Assim, o Mundo BANI também é marcado pela ansiedade, pois toda escolha parece ser potencialmente desastrosa. E, segundo Cascio, isso está intimamente ligado à depressão e ao medo. 

Um mundo “ansioso” é aquele no qual estamos constantemente esperando pelo próximo desastre – e essa é a nossa atual realidade. Além disso, a ansiedade pode levar à passividade, pois, se a escolha sempre será errada, é mais fácil não tomar nenhuma decisão. Ao mesmo tempo, essa condição nos leva a acreditar em fake news e viver envoltos em desinformação.

Não-linear (nonlinear)

Outra característica do Mundo BANI é ser não-linear, o que significa que nesse contexto causa e efeito são aparentemente desconectados. Em uma realidade não-linear, grandes esforços podem não resultar em benefício nenhum e pequenas decisões podem ter consequências massivas – boas ou más.

Durante o auge da pandemia, a não-linearidade ficou bastante evidente, pois a situação tomou proporções enormes em pouquíssimo tempo e as ações realizadas não surtiram sempre os mesmos efeitos.

Leia mais: Baixa qualidade de dados em vendas: como identificar e resolver esse problema?

Incompreensível (incomprehensible)

A todo tempo, testemunhamos acontecimentos que não somos capazes de compreender e tampouco de identificar a origem ou vislumbrar os efeitos. A incompreensibilidade é uma constante no Mundo BANI. Tentamos encontrar respostas, mas elas não fazem sentido e nem sempre informações adicionais garantem a compreensão.

Segundo Cascio, a incompreensibilidade é o estágio final da sobrecarga de informações. No entanto, essa condição é temporária e não deve durar para sempre. Ou seja, há possibilidade de construirmos o entendimento a respeito das coisas que agora nos são incompreensíveis.

Leia também: Atendimento humanizado ao cliente: o que é e 6 dicas de como como promover na sua empresa

Do Mundo VUCA para o BANI

Antes do Mundo BANI, vivíamos no Mundo VUCA. O conceito foi criado no final da década de 1980 no US Army War College e descreve uma dinâmica volátil, incerta, complexa e ambígua (volatile, uncertain, complex e ambiguous). 

O acrônimo VUCA ressaltava a dificuldade de tomar boas decisões em um paradigma de mudanças frequentes – e muitas vezes chocantes e confusas – em termos de tecnologia e cultura. A teoria inspirou uma série de estudos e livros sobre planejamento estratégico e negócios.

No entanto, diante dos acontecimentos recentes e de tudo que ocorreu nas últimas décadas, se fez necessária uma nova abordagem para dar conta de explicar a atual realidade. Surgiu, assim, como vimos, o conceito de Mundo BANI, que é, portanto, uma evolução do mundo VUCA.

Conheça 10 dicas de gestão de vendas que são importantes no cenário atual:

0 dicas de Gestão de Vendas

Qual é o impacto do Mundo Bani nos negócios e como agir diante desse novo paradigma?

Inevitavelmente, todos esses pontos que vimos sobre o Mundo BANI e que caracterizam a atual realidade têm impacto não apenas sobre as pessoas, mas também sobre os negócios. 

Nesse sentido, é importante saber, por exemplo, que as mudanças são cada vez mais rápidas e imprevisíveis e o contexto pode mudar de uma hora para outra e sem aviso. Portanto, as empresas precisam estar sempre preparadas para realizar as adaptações necessárias, se quiserem sobreviver às transformações – que podem ser bem drásticas. Logo, a capacidade de adaptabilidade é um fator ainda mais valioso e decisivo atualmente.

Além disso, cenários frágeis e ansiosos demandam habilidades comportamentais específicas que precisam ser cada vez mais desenvolvidas e as soft skills passam a ser mais valiosas. Ao mesmo tempo, isso significa também que a atenção à saúde emocional do time deve estar mais do que nunca em foco

Ainda, ter uma gestão baseada em dados e usar a Business Intelligence torna-se ainda mais essencial no Mundo BANI. Contudo, além disso, é preciso também se manter totalmente conectado à realidade e ao que acontece à sua volta o tempo todo. Portanto, a atenção ao mercado precisa ser redobrada, mas deve-se ir em busca de informações de alta qualidade.

Quer saber sobre a importância do CRM no cenário atual? Assista ao webinar com Júlio Paulillo, CRO do Agendor, e Luciano Giarrochi, CEO do Itibam Business.