Você já ouviu falar em feedback loop?

Esse termo é muito utilizado para se referir a uma funcionalidade presente nas ferramentas de e-mail. Ela notifica o remetente quando o destinatário sinaliza a mensagem recebida como spam.

No entanto, o feedback loop é muito mais que isso. Aplicado ao marketing, esse  conceito é uma das maneiras mais eficazes de medir e monitorar o progresso de suas estratégias de forma cíclica.

Para saber mais sobre o tema  prossiga a leitura. 

Está sem tempo para ler o conteúdo? Gostaria de poder acompanhá-lo enquanto dirige, caminha ou realiza outra atividade? Então não perca tempo e ouça este artigo na íntegra. Basta clicar no play! Agradecemos o seu feedback nos comentários. 🙂

Você vai conferir ao longo deste artigo o que é feedback loop, assim como saberá qual a sua importância para o sucesso das campanhas de marketing da sua empresa.

Além disso, conhecerá dicas valiosas para  implementar esse conceito forma prática e objetiva:

  1. Avalie o feedback loop no e-mail marketing;
  2. Colete feedback diretamente de seus clientes;
  3. Receba feedback dos seus colaboradores.

Leia também: Como dar feedback positivo e negativo na empresa?

O que é feedback loop no marketing?

Como você faz para saber se as suas estratégias de marketing estão dando certo?

Essa é justamente a proposta do feedback loop aplicado ao marketing. Trata-se de um processo em que os retornos que você recebe de seus clientes e funcionários são utilizados como novas entradas para aperfeiçoar suas campanhas e  ações de marketing e vendas.

Pode até parecer confuso, mas é mais simples do que você imagina. Como em qualquer looping, as saídas circulam e voltam como entradas novamente. Então pega-se um resultado e ele é utilizado para sustentar ações futuras.

No caso dos feedbacks, eles retornam na intenção de gerar melhorias e produzir novos e melhores resultados. 

Com o feedback loop, você consegue monitorar o desempenho de sua estratégia de marketing de maneira cíclica e constante, analisando causa e efeito.

Qual a importância do feedback loop?

A implementação do feedback loop é importante para que se consiga promover a melhoria constante em seus processos, produtos, serviços e estratégias de negócio.

Ao ouvir o que os clientes têm a dizer e executar as mudanças com base no feedback deles, a tendência é que essas melhorias sejam extremamente objetivas e certeiras.

Além disso, eles se sentem mais valorizados pela empresa, afinal, percebem que ela os ouve e age na direção indicada por eles. Dessa forma, consegue-se estreitar o relacionamento com o seu público, melhorar seus produtos e serviços e, assim, fidelizar sua clientela de forma consistente.

O feedback em looping também permite otimizar os esforços e corrigir falhas com mais agilidade. Quando a empresa recebe qualquer feedback negativo, ela tem a oportunidade de agir rapidamente para corrigir o que for necessário antes que o problema ganhe proporções maiores.

E no caso de feedbacks positivos, confirma que suas ações estão indo na direção certa e que vão levar o seu negócio a conquistar cada vez mais clientes fiéis. Isto traz mais confiança para os tomadores de decisão, que passam a trabalhar mais motivados e focados nos resultados. 

Com o feedback loop no marketing, a empresa consegue alinhar melhor seus conteúdos e estratégias ao perfil do seu público-alvo. 

Veja também: Avaliação de desempenho e feedback: faça com naturalidade

Confira essas dicas: como o Marketing Digital pode impulsionar as vendas?

3 dicas de como implementar o feedback loop no marketing da sua empresa

Fazer ajustes e refinar suas estratégias ao longo do caminho é indispensável para obter sucesso em durante as campanhas de marketing.

Confira abaixo algumas dicas essenciais para implementar esse conceito na sua empresa.

1. Avalie o feedback loop no e-mail marketing

O e-mail marketing é uma estratégia utilizada para nutrir potenciais clientes com conteúdos relevantes e também estreitar o relacionamento com os já clientes oferecendo valor a eles.

Por meio do feedback loop no e-mail marketing, é possível avaliar, por exemplo, se esses e-mails estão sendo abertos ou marcados como spam, e se os destinatários estão obedecendo aos calls to action presentes nas mensagens.

De acordo com os resultados observados, você consegue refinar sua lista de disparo e aprimorar os conteúdos.

Este post também pode ajudar você: KPI de e-mail marketing: 10 indicadores para acompanhar o desempenho das suas campanhas e alavancar os resultados

2. Colete feedback diretamente de seus clientes

Outra dica para implementar o feedback loop é recorrer diretamente aos seus clientes e ouvir o que eles têm a dizer.

Fique atento aos seus canais de atendimento, tanto a reclamações como a sugestões.

As mídias sociais são uma outra fonte que você deve monitorar e analisar constantemente. Para isso, softwares especializados como estes, podem te ajudar:

Realize também pesquisas para obter informações valiosas sobre o que tem dado certo e o que pode ser melhorado, considerando a perspectiva dos clientes.

Fazer pesquisas com clientes pode ser bem mais fácil do que você imagina. Existem diversos softwares especializados para isso – com planos gratuitos – que você pode usar para conhecer melhor seu público-alvo.

Veja alguns deles:

Leia também: 

3. Receba feedback dos seus colaboradores

Além do feedback direto dos clientes e dos dados referentes ao desempenho das suas estratégias de marketing, é importante  ouvir os seus colaboradores e coletar suas sugestões.

Isso ajuda a melhorar o engajamento da equipe e a encontrar soluções mais criativas.

Afinal, são seus vendedores e as equipes de atendimento e de customer success que lidam diariamente com seus clientes e, por isso, têm grande sensibilidade para entender suas demandas e necessidades

Além disso, os colaboradores se sentem prestigiados ao notarem que suas opiniões são levadas em conta e realmente empregadas pela empresa.

Assim, além de melhorar seus processos com  ajuda da equipe, você aumentará seu engajamento e, consequentemente, a sua produtividade e os seus resultados operacionais.

Leia mais: Você sabe como fazer feedback? Aprenda com 10 dicas práticas

Confira estes exemplo prático de feedback loop no marketing

Imagine que  está fazendo uma campanha de vendas com descontos progressivos para clientes que adquirem combos de produtos. Seu objetivo é aumentar a venda de alguns itens  menos solicitados pelos clientes.

Por exemplo: Os produtos A e B têm muita saída e são bastante procurados.. Porém, os itens C e D são comprados com menos frequência. 

Assim, você cria combos em que os clientes que comprarem tantas unidades dos produtos A e B podem levar os C e D com desconto. 

Para dar mais impulso a essa campanha, os vendedores também são engajados por meio uma campanha de incentivo de vendas, recebendo pontos pela quantidade de combos vendidos. Posteriormente, trocam os pontos acumulados por brindes em um site.

Neste exemplo específico, o feedback loop poderia se dar de 3 formas.

1. Feedback dos clientes

Por meio dos diversos canais de atendimento aos clientes, ou mesmo através de conversas e outros contatos com os vendedores, é possível receber sugestões de que produtos incluir nos combos, quais retirar etc.

2. Feedback de funcionários

Os colaboradores, além de trazer informações recolhidas dos clientes, como no item acima, podem também dar sugestões de como melhorar a campanha de indicativo de vendas, que prêmios gostariam de receber ou se as pontuações exigidas estão exageradas.

3. KPIs do negócio

Tantos os resultados das vendas do combos como a performance dos vendedores também são fontes de feedback que podem ser usadas para alimentar o loop de informações e, assim, melhorar esses processos de vendas.

Como acompanhar esses dados de performance de vendas e de vendedores?

O ideal é usar um software especializado para isso. Um CRM de vendas, como o Agendor, tem diversas funcionalidades, incluindo essa, de gerar relatórios com seus KPIs.

Veja como ele funciona:

E então, conseguiu entender o que é o feedback loop no marketing e sua importância para as estratégias de negócios?

Implemente esse ciclo na sua empresa e canalize os feedbacks de volta para o seu negócio, promovendo a melhoria constante de seus produto, serviços e processos.

Saiba mais: Como escrever um feedback para o chefe em 7 passos [firmes!]

Se você quer se aperfeiçoar na técnica de coletar feedbacks para melhorar continuamente seus processos de vendas, o Agendor tem um e-book gratuito ideal para você, baixe agora mesmo: Como transformar o feedback dos clientes em vendas – Implemente agora em sua empresa a cultura de ouvir feedbacks e passe a vender mais!