Fechamento de vendas é uma das etapas finais de um funil de vendas, em que se tenta persuadir o cliente de que a solução oferecida pela empresa vai atender ás suas necessidades e resolver seus problemas. Nessa etapa, o foco é o valor de sua solução para o cliente e todos os benefícios que ele trará para ele.

Ficou claro para você o que é fechamento de vendas?

Que tal conhecer dicas de fechamento de vendas de um fera nessa área?

Guia: como elaborar e implementar o processo de vendas

Elaborando e tirando o processo de vendas do papel para colocá-lo em prática

James Muir é um dos principais especialistas em fechamento de vendas no mundo. Autor de The Perfect Close (O Fechamento Perfeito, ainda sem tradução no Brasil), ele diz que técnicas de fechamento de vendas tradicionais são contra-produtivas.

Além disso, afirma que vendedores têm medo de conduzir o cliente ao fechamento. Revela também que existem duas perguntas que, quando combinadas, levam ao fechamento perfeito. E, assim, assegura que você pode transformar o fechamento em um processo.

Em entrevista exclusiva à VendaMais, Muir explica tudo isso (e muito mais) em detalhes. E apresenta boas dicas de fechamento de vendas para você aprimorar a forma como conduz este passo da venda que é tão importante para o seu sucesso na área comercial.

Acompanhe!

Leia também: 5 Técnicas de fechamento de vendas que realmente funcionam

Conhecer técnicas de fechamento de vendas é muito importante, mas existem outras partes da prospecção que você deve aperfeiçoar.

Veja algumas dicas neste vídeo:

Técnicas de fechamento de vendas por James Muir

VendaMais – Você defende que fechamento não é o momento específico em que a venda é concluída. Pode falar um pouco sobre isso?

James Muir – Exato. E eu uso como base para esse raciocínio um estudo feito por Neil Rackham.

Rackham descobriu que menos de 10% das ações de vendas resultam em um pedido ou no fim daquela venda. Menos de 10%!

Isso significa que nós precisamos abandonar a ideia de que existe um “tudo ou nada” em termos de fechamento. Existem diversos “pequenos fechamentos” ao longo do caminho até o fechamento final.

Assim, definir objetivos apropriados para cada contato com o cliente é o que levará a uma cadeia de avanços no processo da venda, que conduzirá ao fechamento final.

Essa visão mostra que o senso comum sobre fechamento está errado?

Na verdade, há uma série de ideias sobre fechamento que são consideradas senso comum que são, na verdade, mitos.

Destaco três mitos sobre o fechamento de vendas perfeito:

1. ABC

Graças ao personagem de Alec Baldwin no filme Sucesso a qualquer preço, (quase) todo mundo conhece o ABC das vendas: Always BClosing – ou, em português, “esteja sempre fechando”.

Essa é uma das muitas áreas testadas por Rackham. E a pesquisa dele mostrou que, na verdade, aumentar a quantidade de tentativas de fechamento em um mesmo encontro de vendas é 33% menos efetivo do que simplesmente fazer uma ação com o objetivo de levar ao fechamento.

2. Técnicas de fechamento funcionam tanto em vendas grandes quanto em vendas pequenas

Neil Rackham testou o efeito de técnicas de fechamento tanto em vendas grandes quanto em vendas pequenas. Dessa forma. descobriu que o uso de técnicas de fechamento em vendas pequenas resultou em um crescimento de 4% nos resultados.

Porém, em vendas grandes ele descobriu que técnicas de fechamento geraram uma queda de 9% nos resultados.

O curioso é que a diferença entre as vendas pequenas e grandes era de apenas US$ 109.

Ou seja, profissionais que vendem produtos, serviços ou soluções que custem mais do que isso devem evitar utilizar técnicas de fechamento.

Ou, talvez, todos nós devêssemos repensar o uso de técnicas. Podemos falar mais sobre isso a seguir.

3. A venda se fechará sozinha

Eu caí nesse mito no início da minha carreira em vendas. Porém, estudos mostram que não avançar no processo de vendas – ou seja, não conduzir ao fechamento – é um problema ainda maior do que utilizar técnicas de fechamento.

No entanto, isso é mais comum do que deveria. Entre 50% e 90% dos encontros de venda não são concluídos com o vendedor levando o cliente a se comprometer com algo.

De acordo com um estudo feito por Neil Rackham, porém, fazer uma única pergunta de fechamento aumenta suas chances em avançar no processo da venda ou de fato fechá-la em até 36%.

Rackham diz que:

“Utilizar técnicas tradicionais de fechamento não é a melhor forma de fazer com que o cliente se comprometa em uma venda grande. Porém, não fazer nada também não é efetivo. A venda não se fechará sozinha”.

É isso. Você precisa fazer algum esforço para a avançar a venda. Ela não se fechará sozinha!

Confira em nosso blog: Corretor: conheça 6 técnicas de fechamento de vendas de imóveis

Veja mais algumas dicas de prospecção de vendas, de outro fera no assunto!

Se a venda não se fechará sozinha, mas ao mesmo tempo técnicas de fechamento nem sempre funcionam, o que é preciso fazer para se tornar um bom fechar de vendas?

A primeira coisa que é preciso ter em mente é que até a melhor das técnicas não fará diferença se você iniciar um contato com o cliente “respirando comissão”.

Na maioria dos casos, quando o cliente percebe que as intenções do vendedor não estão alinhadas aos interesses dele, o fechamento é descartado.

Por outro lado, quando um cliente percebe que sua real intenção é ajudar, você pode errar a mão na técnica, falar algumas besteiras, e ainda assim fechar a venda – porque intenção importa mais do que técnica!

Quando você entra em uma reunião de vendas com o interesse genuíno de ajudar – independentemente do resultado que a reunião proporcionará –, os sinais que você emitirá naturalmente serão os corretos. E existe apenas uma maneira de fazer isso: se importando de verdade!

E quando esse for o seu mindset em momentos de negociação e de encontros de vendas, você vai perceber que não somente venderá mais, como também construirá relacionamentos para a vida.

Por que você acredita que técnicas de fechamento de vendas são contra-produtivas?

99% das técnicas de fechamento são contra-produtivas. Por quê? Porque elas fazem com o que cliente se sinta desconfortável!

Sempre que a gente tenta acelerar o processo de venda, sem o cliente estar preparado para isso, ele tem a sensação de que está sendo pressionado a tomar uma decisão. E isso pode fazê-lo simplesmente optar por desistir de comprar com você.

Porém, o que a maioria das técnicas de fechamento faz é justamente tentar colocar o prospect contra a parede para que ele tenha que tomar uma decisão. Isso, portanto, não só prejudica o relacionamento, como também não é efetivo em termos de resultado.

Um estudo a que tive acesso recentemente testou a confiança do comprador quando seis diferentes técnicas de fechamento foram utilizadas. E em todos os casos a confiança foi prejudicada.

Previsivelmente, as técnicas mais manipuladoras foram as que mais prejudicaram a confiança dos compradores.

Este, aliás, é o motivo pelo qual a maioria dos vendedores não pedem que seus clientes assumam compromissos ao fim de um encontro de venda.

Intuitivamente, os vendedores sabem que as técnicas de fechamento são manipuladoras e prejudiciais à confiança. E como eles não conhecem outro jeito de avançar o processo da venda, simplesmente não fazem nada.

É possível tornar o fechamento um processo?

Com certeza! Porém, é preciso ter em mente que a maior parte desse processo acontecerá antes de vendedor e cliente se encontrarem pessoalmente.

Na prática, as técnicas de fechamento de vendas quando encarado como um processo:

  • Faça uma pesquisa sobre seu cliente;
  • Defina sua proposta de valor;
  • Determine quais serão as perguntas que você irá fazer;
  • Identifique os avanços que você irá propor;
  • Traga um valor inesperado para o debate;
  • Crie uma agenda com próximos passos;
  • Prepare o seu mindset;
  • No momento apropriado, proponha os avanços planejados utilizando as duas perguntas do fechamento perfeito.

Todos – menos o último passo – acontecem antes do encontro em si, enquanto você se prepara. Quando estiver preparado, iniciar o processo do fechamento perfeito será natural e fácil.

No que consiste o Fechamento de Vendas Perfeito?

Fechamento Perfeito é composto de duas perguntas:

Pergunta inicial: Faz sentido que a gente “X”?

Neste caso, “X” é um avanço lógico para aquele determinado processo de vendas. Por exemplo:

  • Faz sentido que a gente envie a você algumas amostras, para que você possa testar nosso produto?
  • Faz sentido que a gente aprove seu crédito, enquanto analisamos outros detalhes juntos?

Ou seja, esta não é bem uma pergunta de fechamento, já que não propõe um ultimato ao cliente, nem faz com que ele tenha que fazer algo.

Caso a resposta seja “sim”, ótimo. Você avança com o processo e encaminha o fechamento.

Porém, caso a resposta seja “não”, não significa que o fechamento está descartado, e sim que aquele não é o timing correto para a ação que você propôs. E aí, você deve fazer a segunda pergunta…

Pergunta de follow-up: Qual é um bom próximo passo?

Em 90% dos casos, o cliente responderá apresentando uma sugestão muito lógica de avanço e com a qual ele se sente confortável. A consequência é simples: seu fechamento perfeito estará próximo de acontecer!

Saiba mais:

  • Livro: The Perfect Close: The Secret To Closing Sales – The Best Selling Practices & Techniques For Closing The Deal (Ainda não lançado no Brasil)
  • Autor: James Muir
  • Editora: Best Practice International
  • Número de páginas: 300

fechamento de vendas perfeito

Saiba mais: 4 dicas para conquistar leads e abrir mais oportunidades de negócios

Por que você acredita que o Fechamento Perfeito é tão eficiente?

As perguntas do Fechamento Perfeito sempre fazem com que o processo de vendas evolua, independentemente das respostas que o cliente der. Além disso, elas fazem com que tanto vendedor quanto cliente terminem o encontro em um patamar emocional mais elevado em relação àquela venda. Até mesmo os vendedores novatos reportam que as perguntas do Fechamento Perfeito são entre 90 e 95% efetivas no que diz respeito a levar o processo da venda para frente.

Quais são as suas dicas para fechamento de vendas para os gestores interessados em elevar a taxa de conversão de seus vendedores?

Para melhorar a taxa de conversão de uma equipe não é preciso gerar mais leads, dedicar mais tempo para “cuidar” dos vendedores ou contar com o apoio de uma tecnologia especial. Basta seguir alguns passos simples. São eles:

  • Identifique os avanços mais comuns para o seu tipo de vendas;
  • Planeje-se para cada encontro com seus prospects e clientes e defina quais serão seus objetivos para aquela ação levando em conta os avanços listados na etapa anterior;
  • Eduque seus vendedores sobre como avançar no processo de vendas utilizando as perguntas do Fechamento Perfeito;
  • Garanta que as perguntas do Fechamento Perfeito sejam feitas em todos os encontros de vendas e assegure-se de que próximos passos sejam definidos e compromissos realizados.

Em tempos em que o job description dos profissionais de vendas está mudando tanto, quais são as habilidades que você considera cruciais para o sucesso na área comercial?

Esta é uma pergunta muito importante!

Para se garantirem no futuro, profissionais de vendas precisarão:

  • ter alto nível de inteligência emocional;
  • entender de verdade o processo de compra de seus clientes;
  • conhecer profundamente o negócio dos clientes.

Além disso, é essencial estar sempre aprendendo! Se você se tornar um expert e um conselheiro de confiança dos seus clientes em tudo que diz respeito ao seu produto/serviço/solução, o sucesso virá!

Quer se capacitar para ser visto como um expert em vendas por seus clientes? Então, baixe alguns de nossos ebooks gratuitos:

Artigo cedido pela Revista VendaMais. Todos os direitos reservados.