Os empregadores não devem esperar que seus contratados sejam produtos acabados quando entrarem pela porta. O treinamento comportamental nas empresas é fundamental para alinhar toda a equipe com habilidades essenciais para um bom relacionamento e desempenho, principalmente no trabalho de vendas.

Oferecer essa oportunidade de crescimento depende das empresas como líderes de equipes e de como escolhem desenvolver seus locais de trabalho.

Guia: como ser mais produtivo e eficiente em vendas

Aproveitando e organizando o relacionamento com seus clientes para vender mais e melhor

Ao estabelecer um ambiente que incentiva a comunicação e o equilíbrio, pode-se extrair melhor a produtividade dos funcionários e ajudá-los a alcançar o reconhecimento no trabalho.

O ambiente de trabalho deve estimular o crescimento de habilidades para promover um clima estável e produtivo.

Ao selecionar as pessoas que comporão uma equipe, trazer funcionários com as habilidades técnicas certas não é suficiente.

As pessoas que você contrata precisam ser capazes de usar suas habilidades interpessoais em diferentes configurações enquanto trabalham em conjunto com outras colegas.

Aqui estão cinco habilidades que você pode desenvolver com treinamento comportamental para criar uma cultura positiva na sua empresa.

Está sem tempo para ler o conteúdo? Gostaria de poder acompanhá-lo enquanto dirige, caminha ou realiza outra atividade? Então não perca tempo e ouça este artigo na íntegra. Basta clicar no play! Agradecemos o seu feedback nos comentários 🙂

Treinamento comportamental: 5 opções para investir

Treinamento comportamental

1. Comunicação

A comunicação é um tópico muito amplo que pode abranger diferentes situações e participantes.

Naturalmente, ela é vital em locais de trabalho onde as responsabilidades são compartilhados, como quando funcionários colaboram entre si em projetos voltados para vendas.

Funcionar adequadamente como uma unidade ao invés de ter vários indivíduos com diferentes padrões de trabalho é uma necessidade.

Além disso, uma comunicação clara é vital para consolidar a cultura e os padrões de trabalho de uma empresa. Independente de ser uma rotina fixa, em escritório, ou um trabalho remoto. Os funcionários devem se adaptar à cultura estabelecida pelo empregador.

Em um estudo realizado pela Universidade Pepperdine, observou-se que qualidades como o nível de ambiguidade e autonomia estão diretamente relacionados à personalidade geral do local de trabalho.

Portanto, todos devem estar informados sobre o tipo de local de trabalho em que estão inseridos. E deve-se encorajar continuamente seus funcionários a falarem sobre suas tarefas e perguntar sobre o que eles não entendem.

Ser receptivo a perguntas dessa maneira garante que os funcionários não hesitem em esclarecer seus erros e tomem a iniciativa de compreender sua contribuição para a empresa.

O treinamento comportamental de comunicação ajuda a melhorar a experiência diária de toda equipe e também contribui para que eles criem uma comunicação amigável com clientes durante os trabalhos de venda.

2. Resolução de conflitos

Em pontos de desequilíbrio e atrito, seus funcionários têm que ser capazes de enfrentar a tensão entre si e resolver qualquer divergência que surja.

Isso pode ser visto como um desdobramento da comunicação, embora seja uma habilidade distinta que pode ser difícil de desenvolver devido à hesitação e à natureza íntima do local de trabalho.

O pior hábito para se reproduzir é ignorar esses conflitos a ponto de eles crescerem e se espalharem como incêndios florestais, prejudicando os relacionamentos e a produtividade dos indivíduos e da equipe.

Os empregadores devem permanecer cientes dos conflitos em potencial e serem ativos ao intervir e facilitar essas interações mais emocionais.

Realizar um treinamento comportamental para ensinar ativamente métodos de resolução de conflitos e ajudar os funcionários a desenvolver essa habilidade é importante para desenvolver um local de trabalho seguro e positivo para seus funcionários.

Por exemplo, alguns membros estão usando abordagens de vendas outro grupo não considera tão eficaz? Ter o tato para reunir todos da equipe e conversar para alinhar melhor as estratégias torna possível mediar o conflito, evitando que essa divergência respingue nos clientes.

Ensine-os a abordar os conflitos de frente e não deixar que as coisas piorem. O treinamento corporativo sobre formas adequadas de lidar com funcionários “ruins” manterá o conflito contido.

3. Equilibrar o trabalho e a vida

Embora os empregadores desejem que seus funcionários dediquem o máximo de tempo possível ao seu trabalho, pressioná-los a trabalhar o máximo possível é uma velha história de desastre.

A fadiga mental e a fragilidade física seguem os programas de trabalho extenuantes, e nenhum trabalhador será tão capaz ou estável nessa condição.

Em vez disso, é melhor cultivar um ambiente de equilíbrio, uma autoconsciência dos limites e da saúde para trabalhar de forma mais eficaz.

Para criar um ambiente de trabalho equilibrado, incentive os funcionários a não levar o trabalho para casa com eles. Tente restringir e-mails e chamadas relacionadas ao trabalho a determinadas horas, tanto quanto possível.

Incentive os funcionários a se concentrarem e darem 100% de esforço durante o horário de trabalho e depois permitir que eles se concentrem na vida pessoal. Isso os ajudará a manter o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal claro.

Tente coisas diferentes para melhorar o equilíbrio entre vida profissional e pessoal. Seus funcionários não trabalharão apenas com mais eficiência, mas também poderão apreciar sua posição como algo mais que uma necessidade financeira.

Há muitas maneiras de estimular o equilíbrio, desde permitir flexibilidade no horário de trabalho, se você tem um time que trabalho remoto, até simplesmente incentivar intervalos de forma consistente.

Ao confiar em seus funcionários para encontrar seu equilíbrio individual, eles podem extrair o melhor de sua produtividade por vontade própria, ao invés de por pressão externa.

4. Gerenciamento de tempo

Um atributo frequentemente subestimado dos funcionários, o gerenciamento de tempo, não se refere à capacidade de um funcionário de cumprir um prazo, mas à organização e execução de seu trabalho para concluir uma tarefa no prazo.

Embora essa seja mais uma das habilidades do trabalhador, você pode ajudar a desenvolver as habilidades de gerenciamento do tempo de seus funcionários durante os atendimentos.

Remover distrações, como telefones celulares e mídias sociais, é uma maneira de garantir que os funcionários permaneçam focados nas tarefas de apresentar melhor um produto e conseguir fechar uma venda.

Em casos como trabalho em casa ou sem um espaço de escritório tradicional, você terá que se concentrar em promover boas práticas por meios mais sutis.

Por exemplo, escalonar as tarefas em vários marcos, organizando uma gestão de metas e resultados ajuda a guiar seus funcionários, além de incentivá-los a ver o ritmo adequado para concluir cada uma.

Separar o trabalho nessas micrometas convence seus funcionários a ver determinadas atribuições e tarefas como mais imediatas.

Você também pode criar um programa de treinamento de pessoal na empresa para dar dicas de gerenciamento de tempo, como concentrar-se na tarefa mais difícil na primeira hora do dia de trabalho e a diluir as mais fáceis ao longo do dia.

Esses checkins regulares são uma ótima maneira de ajudar os funcionários a desenvolver técnicas de gerenciamento de tempo para melhorar seu desempenho ao longo do tempo.

5. Autoaperfeiçoamento

A vida no local de trabalho não deve impor o status quo ou a estagnação: deve haver uma necessidade constante ou desejo de melhoria.

A complacência leva a uma percepção de repetição, que é o grampo de um trabalho percebido como incontestável ou como uma rotina.

Sua equipe deve melhorar sempre para evitar tanto a frustração da inexperiência quanto o contentamento com seu trabalho.Bons funcionários querem crescer e ser desafiados e novas habilidades são sempre bem-vindas.

Na extremidade superior, você pode dar a seus funcionários as ferramentas e a mentalidade para buscar melhorias, observando seu comportamento, hábitos de trabalho e produção.

A partir daí, forneça comentários e críticas que eles possam usar para beneficiar suas próximas atribuições, como desleixo, atrasos, falta de foco ou participação.

Criar momentos para compartilhar experiências é outra forma de incentivar o autoaperfeiçoamento. Os membros mais antigos da sua equipe de vendas podem trazer suas experiências práticas para dividir com os novatos. Uma iniciativa com custo zero e que ainda vai incentivar a integração e melhorar a comunicação.

Uma parte essencial de promover melhorias com o treinamento comportamental é transmitir aos seus trabalhadores que o fracasso não deve ser considerado um obstáculo, mas um caminho para ter foco em resultados melhores.

Está pensando em contratar uma empresa que irá colocar em prática seu programa de treinamento empresarial? Você pode encontrar fornecedores para todos os serviços que sua empresa precisa em um único lugar com o oHub. Economize tempo e dinheiro e receba diversos orçamentos com um só pedido.