De acordo com a pesquisa Interconnected World: Shopping and Personal Finance 2012, 61% dos usuários globais da internet pesquisam produtos online e 57% estão no caminho da decisão de compra antes de falar com um representante de vendas.

Entender as motivações de compra do seu cliente e suas vontades quando estão online é uma maneira de abrir caminho para novas estratégias. Entre elas, está o Audio Marketing, que ganhou espaço na necessidade das pessoas consumirem mais conteúdo, mas não terem tempo para isso.

Guia: como ser mais produtivo e eficiente em vendas

Aproveitando e organizando o relacionamento com seus clientes para vender mais e melhor

Mesmo com a produção de conteúdo digital em alta, 83% das pessoas não conseguem ler tudo o que gostariam na internet, sabia disso?

Neste post vamos falar sobre a importância de estudar e definir a persona do seu negócio. E também como o Audio Marketing está alavancando as estratégias de marketing de conteúdo das empresas.

Por que criar personas é tão importante em branding

Com muita frequência, os produtos são desenvolvidos, as campanhas são lançadas e as marcas são projetadas para usuários sem nome e sem rosto, definidos simplesmente por pontos de dados obrigatórios que não possuem nenhum contexto significativo.

Isso é lamentável porque, quando isso acontece, todos, desde as empresas que criam os produtos até o usuário final, perdem.

Se você sabe que seu cliente ideal é uma mulher de negócios de 28 anos chamada Ana, que tem dois filhos menores de cinco anos, dirige um Volkswagen e faz compras principalmente no Carrefour, você está em uma posição muito melhor para começar a criar uma identidade visual e verbal que irá ressoar com ela; do que se você simplesmente trabalhasse em direção a um objetivo final com apenas o perfil de uma “mulher de vinte e poucos anos” em mente.

As personas precisam ser 100% baseadas em evidências factuais ou em uma extensa pesquisa? Não. O benefício real deste exercício é começar a ver os clientes demográficos ou ideais como pessoas reais, e não como estatísticas sem rosto.

Aqui estão as três principais razões pelas quais é tão importante construir personas e como você pode fazer isso:

1. As personas economizam tempo e dinheiro

Não é produtivo ou econômico iniciar o processo de design antes de você tentar conhecer quem são seus clientes ideais.

Isso vale para a criação de quase qualquer coisa, mas é especialmente importante para os executivos lembrarem, pois investem tempo e recursos valiosos no desenvolvimento de sua marca.

Imagine que você convidou um novo amigo para almoçar. Qual dos seguintes processos é mais eficiente? Fazer um prato e, em seguida, perguntar ao seu convidado se ele tem alguma alergia alimentar, ou o contrário?

A menos que você esteja preparado para jogar fora todo prato quando seu amigo disser que é mortalmente alérgico a mostarda, a resposta deve ser bem óbvia. O mesmo acontece com um negócio.

Se você começar a criar sua marca antes de conhecer seus clientes, provavelmente terá que voltar etapas e fazer alterações dispendiosas e demoradas que poderiam ter sido evitadas se você tivesse criado e indicado suas personas.

2. Personas ajudam você a encontrar seu lugar na vida do cliente

Para evitar estereótipos no trabalho que você cria, passe da visão superficial de uma persona básica que pode incluir apenas sexo, idade e renda. Essas informações são, obviamente, úteis. Mas elas apenas fornecem uma ideia vaga da pessoa que você está segmentando.

Com essa visão limitada, é mais provável que você recorra a generalizações, clichês e estereótipos, que têm mais probabilidade de desviar seu cliente (ou até mesmo ofendê-lo) do que convertê-lo em um cliente fiel ou defensor da marca.

A melhor maneira de fazer isso é conversar com as pessoas reais que estão comprando seu produto ou usando seu serviço, fazendo as perguntas certas e ouvindo atentamente o que elas dizem.

Promova uma conexão muito mais profunda com seu público-alvo, interessando-se pelas minúcias de suas identidades:

  • Onde eles se atualizam sobre as notícias?
  • Onde eles vão quando querem comer?
  • Que hobbies ocupam a maior parte do seu tempo livre?
  • Onde eles estão mais propensos a fazer suas compras ou comprar um novo par de sapatos?
  • O que eles gostam de fazer e o que atrapalha isso?

Dando a você essa visão completa e a compreensão íntima da pessoa que você criou, a persona também ajudará a definir problemas comuns ou pontos de dor que seus clientes experimentam.

O que por sua vez, prepara você para apresentá-los com eficácia à sua solução e como ela pode se integrar perfeitamente em suas vidas.

3. As personas fornecem um campo de teste enquanto você constrói e lança ideias

Com um conjunto completo de personas em seu arsenal, criar e lançar sua marca parecerá menos com uma aposta, pois você sempre terá alguém com quem testar novos recursos ou interações.

Agora que você está ciente de que Ana (que citamos no item 1) odeia linguagem agressiva e cores ousadas e ama qualquer coisa que a lembre de crianças ou animais, saberá que uma logo laranja brilhante provavelmente não vai atraí-la e “NÃO DESISTA ATÉ QUE SEU DIA ESTEJA TERMINADO!” também não é o melhor slogan.

Felizmente, graças ao trabalho que você fez na criação de suas personas, pode retornar à prancheta, mais cedo ou mais tarde, para produzir algo que a envolva de maneira positiva (e não negativa).

Dependendo de quem você está segmentando ou da mídia que você está usando, sua mensagem pode mudar um pouco. No entanto, sua proposta de valor deve permanecer sempre consistente.

E uma mensagem consistente precisa vir de forma acessível e fácil para atingir em cheio sua persona.

Audio Marketing: como engajar mais sua persona

Já analisou se seu público, ou grande parte dele, prefere ouvir a ler um conteúdo na internet? Então, porque não oferecer isso a ele?

Com uma estratégia de Audio Marketing bem definida, você agrega um novo formato de conteúdo para o seu site/blog, usando post em áudio.  

As pessoas nunca tiveram tanta pressa e uma rotina tão atribulada. Dessa forma, o conteúdo em áudio é uma maneira convidativa de consumir conteúdo enquanto realizam outras tarefas, como dirigir.

Alguns dados que confirmam a ascensão do áudio são:

  • O Gartner prevê que até 2020, 30% das sessões de navegação dos consumidores serão mediadas por voz.
  • A transmissão de áudio sob demanda cresceu 76% em 2016, obscurecendo o fluxo de vídeo em mais de 250 milhões, de acordo com a Nielsen.
  • Segundo o Google, a busca por voz está crescendo em popularidade. 20% das consultas por celular foram feitas em buscas por voz em 2017 e os números devem continuar a crescer.
  • De acordo com dados interno do Vooozer, praticamente triplicou o número de empresas que publicam posts em áudio, como parte de suas estratégias de marketing de conteúdo, em 2018, em comparação a Dezembro de 2017.

O Audio Marketing também impacta a persona de uma empresa, tornando-as lucrativas para os profissionais de marketing.

Vantagens do Audio Marketing no conteúdo

  • Conveniência: as experiências de áudio podem ser desfrutadas sem necessidade de usar os olhos ou mãos;
  • Acessibilidade: os consumidores precisam apenas de um smartphone, computador ou tablet para ouvir um post em áudio ou podcast;
  • Fácil de reutilizar: muitos conteúdos em áudio nascem de textos já produzidos, como no caso dos posts em áudio e audiolivros;
  • Bloqueio do ouvinte: os ouvintes normalmente estão ocupados com outras tarefas enquanto ouvem o áudio (como dirigir, andar na rua ou cozinhar), então é muito mais provável que eles ouçam o conteúdo até o final.

3 formas de usar o Audio Marketing

1. Gravar posts de blog e inserir players ou arquivos de áudio nas páginas

Nada melhor do que permitir que seu público-alvo escolha o formato preferido de consumir o conteúdo. Com isso, você pode até atingir novos públicos e melhorar os KPIs do seu blog.

Usar plataformas de áudio no seu blog/site, como o Vooozer, ajuda a criar uma experiência diferente para a sua persona. O player de áudio ainda pode se transformar em um gerador de leads muito útil.

E para mensurar e acompanhar a evolução dos resultados com áudio post, a ferramenta fornece métricas relevantes como:

  • quantidade de reproduções;
  • taxa de reproduções completas;
  • tempo médio de reprodução;
  • taxa de engajamento com o player, dentre outras.

A Rock Content é uma das empresas que já testou e validou a metodologia do Audio Marketing e aumentou em 10% o tempo médio na página dos artigos que foram atualizados com a versão em áudio.

2. Melhorar a navegação no site com áudio

Inserir um post em áudio te pareceu uma boa ideia? Tenha cuidado e certifique-se de que o áudio não seja reproduzido automaticamente e que hajam os recursos de pausar para não perturbar a experiência do visitante.

3. Registrar e publicar depoimentos de seus clientes

Já ouviu falar sobre marketing de referência? É uma forma de interagir com seus clientes no momento exato em que eles estão satisfeitos com sua empresa ou seus produtos.

Ao invés dos depoimentos tradicionais em formato de texto, publique-os em áudio. Assim, é possível transmitir a entonação e a sinceridade do cliente em relação ao produto/serviço. Consequentemente, os outros visitantes também terão uma experiência diferenciada.

Este post foi escrito pelo Vooozer, uma startup de Audio Marketing que já ajudou a Rock Content a aumentar seu tempo médio na página em até 43% e a Resultados Digitais a aumentar sua captação de leads em 7%. O Vooozer pode ajudar a sua empresa a turbinar suas estratégias de conteúdo com materiais em áudio que engajam e capturam leads. Aproveite e solicite uma consultoria gratuita de Audio Marketing agora mesmo!