Descubra suas forças e fraquezas para enfrentar ameaças e potencializar oportunidades, aumentando vendas!

Todo mundo que estudou um pouco de administração de empresas teve contato com a famosa análise SWOT (strengths, weaknesses, opportunities and threats, do inglês). Em português, muitos a traduzem por FOFA, que significa: Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças. Esta poderia ser considerada uma boa definição de análise SWOT:

A análise SWOT é um método de planejamento estruturado, usado para avaliar os pontos fortes, pontos fracos, oportunidades e ameaças envolvidas em um projeto ou em um negócio. Trata-se de especificar o objetivo do empreendimento ou projeto e identificar os fatores internos e externos que são favoráveis ​​e desfavoráveis ​​para atingir determinado objetivo.

Kit de Planilhas de Vendas

3 planilhas para te ajudar a planejar a sua rotina comercial

definicao-analise-swot-em-ingles

SWOT vem do inglês: strengths, weaknesses, opportunities and threats. Significa: Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças.

A definição de análise SWOT envolve também a construção da chamada Matriz SWOT, que nada mais é que uma maneira esquemática de tabular os resultados encontrados durante a análise para que se possa visualizá-los de uma forma mais clara e objetiva.

Com isso, ficará muito mais fácil definir maneiras de superar as ameaças e aproveitar as oportunidades em função de suas forças e fraquezas. Para ajudar você a entender melhor a definição de análise SWOT, vamos apresentar em detalhes os estudos dos ambientes internos e externos, a definição das forças e fraquezas e, por fim, uma maneira rápida de montar sua matriz SWOT e tirar as conclusões que precisa.

Pensando no planejamento de uma startup? Baixe este e-book: Guia: como elaborar e implementar um processo de vendas em sua startup e esteja preparado para este desafio!

Definição de Análise SWOT: estudando os ambientes

A análise SWOT determina que se analise o ambiente interno e externo da empresa. Vamos entender em detalhes como isso funciona e como você conseguirá, a partir daí, descobrir as forcas e fraquezas de sua empresa e as oportunidades e ameaças do mercado e do macro-ambiente.

Análise SWOT: definição do ambiente externo

Quando estudamos o ambiente externo em uma análise SWOT, o objetivo é detectar as oportunidades e as ameaças que podem afetar seu negócio. Mas nem sempre é fácil entender o que é o ambiente externo à sua empresa.

A forma mais prática de compreender isso é ter em mente que todos os fatores sobre os quais você não tem controle, tudo aquilo sobre o que você ou sua empresa não tem como atuar de forma direta, compõem o ambiente externo.

Por exemplo: mudanças climáticas, novos marcos regulatórios, aumento ou diminuição de taxas ou impostos, novas políticas de importação, variações no câmbio, uma greve nos portos, uma guerra no exterior e muitas outras situações sobre as quais é impossível intervir.

A análise do ambiente externo pode ser dividida em duas etapas:

Análise do macro-ambiente:

Todos aqueles fatores que afetam todos os setores e indústrias de modo geral. Uma mudança da política monetária do governo ou o aumento da inflação são um bom exemplo, pois tem consequências sobre a economia como um todo, gerando consequências em todas as empresas.

Análise do ambiente competitivo do seu setor:

Algumas das ameaças e oportunidades podem ter consequências restritas ao seu setor ou ramo de atuação. É provável que uma seca em regiões que fornecem matérias primas agrícolas para uma indústria de alimentos, afete fortemente esta empresa, no entanto, outros ramos de atividade não serão afetados de forma significativa por esse evento.

Muito bem, defina claramente, por meio dessa análise da conjuntura, as oportunidades e ameaças que estão presentes no horizonte de sua empresa. Será a sua capacidade de detectar as mudanças no ambiente que permitirão que sua empresa reaja a tempo, de preferência antes da concorrência, e se coloque em uma posição mais favorável no mercado.

E, para isso, é preciso usar adequadamente suas forças e tomar providências sobre as suas fraquezas!

O ambiente externo parece desfavorável? Confira esta postagem sobre Época de crise: por que é importante motivar seus vendedores agora?

Análise SWOT: definição do ambiente interno

Se você é empreendedor ou gestor de uma empresa, sua função deve envolver em definir estratégias e táticas para aproveitar os cenários externos da melhor forma. Em outras palavras: você tem total controle e pode agir sobre o ambiente interno (sua empresa).

Essa é uma importante definição da análise SWOT que precisa ficar clara: não adianta tentar mudar o que está acontecendo lá fora, você precisa usar o que está a seu alcance (suas forças e fraquezas) para superar desafios e potencializar as oportunidades que o ambiente externo criou. As forças e fraquezas de sua empresa estão diretamente relacionadas à maneira como ela foi planejada.

Força e Fraqueza

Com a análise SWOT você saberá usar suas forcas e fraquezas.

Maquinário moderno ou defasado, localização adequada ou não, equipe treinada ou despreparada, capacidade de caixa ou falta de recursos financeiros, tendência a inovação e a criatividade ou a se manter na zona de conforto, ferramentas de gestão modernas e integradas ou a falta delas, boa comunicação interna e ótimo clima organizacional ou ambiente pesado e pessimista? Estes são apenas alguns exemplos, tanto de forças como de fraquezas.

Cabe a você, líder, entender cada um desses e outros fatores para listar o que sua empresa faz de melhor, suas forças, as fraquezas e fragilidades que precisa melhorar.

Agora, montando isso em uma matriz esquemática, ficará mais simples de entender como relacionar ameaças e oportunidades com forças e fraquezas em busca das melhores estratégias.

Análise SWOT: definição da matriz

Faça um quadrado e o divida-o em 4 quadrantes.

Escreva Pontos Fortes no topo do quadrante superior esquerdo e liste nesse quadrado suas forças. Faça o mesmo no quadrante à direita deste, só que escreva Pontos Fracos, listando suas fraquezas. Nomeie o quadrante abaixo do quadrado Pontos Fortes de Oportunidades, relacionando-as dentro dele. Por fim, o quadrante restante (abaixo do quadrado Pontos Fracos) receberá o nome de Ameaças, que serão descritas nele.

Com essas definições da Análise SWOT compiladas na matriz, agora você tem um verdadeiro quadro esquemático resumido da situação estratégica de sua empresa. Use-o para relacionar a melhor maneira de usar suas forças para contornar os desafios e aproveitar as oportunidades, e como reforçar suas fraquezas com o mesmo objetivo.

definicao-analise-swot

Você só tem controle sobre o ambiente interno: suas forças e fraquezas.

Veja um exemplo: digamos que você trabalha com confecção de biquínis para o mercado interno. Você detectou como ameaça aos seus custos de produção a alta do Dólar e como oportunidade de financiamento a abertura de uma linha de crédito para exportação.

Você poderá usar um ponto forte de sua equipe, o desenvolvimento de novos produtos, para criar uma linha de exportação que se beneficiará da alta do Dólar, desde que supere a fraqueza de ter poucas opções de fornecedores de matérias primas nacionais que podem substituir as importadas.

Quer mais algumas dicas de como fazer o planejamento em sua empresa? Veja estes 5 erros comuns ao elaborar o planejamento estratégico comercial e aprenda a evitá-los.