Você se considera uma pessoa criativa? Sabe como utilizar a criatividade em vendas?

No mundo das vendas, a criatividade é considerada um aspecto essencial. Isso porque o bom vendedor precisa estar sempre na busca por maneiras eficientes de abordar possíveis clientes, atender plenamente suas necessidades e convencê-los a fechar negócio.

Kit de Planilhas de Vendas

3 planilhas para te ajudar a planejar a sua rotina comercial

Além disso, a criatividade e inovação em vendas são muito importantes na busca pela fidelização de clientes. Afinal, surpreendê-los positivamente é uma das melhores maneiras de fidelizá-los.

Um profissional de vendas que não é criativo tende a enfrentar dificuldades em suas conversões, pois não consegue inovar em suas estratégias, discursos e metodologias.

Se esse é o seu caso, fique tranquilo que a gente vai te ajudar.

Elaboramos este artigo com 5 dicas valiosas de como ser criativo na hora de vender. Continue a leitura e saiba quais boas práticas implementar no seu dia a dia para efetuar vendas criativas e impulsionar seus resultados:

  1. Coloque a cabeça para funcionar
  2. Mantenha-se bem informado
  3. Socialize e dialogue com outras pessoas
  4. Registre os seus insights
  5. Descanse a mente

Leia também: 10 games e jogos de criatividade que vão impulsionar a sua inteligência

Quando ser criativo em vendas? Se esta também é uma dúvida para você, confira estas dicas do site Planejamento de Vendas:

Criatividade em vendas

Criatividade em vendas: 5 dicas de como ser criativo na hora de vender

De que maneira é possível desenvolver sua criatividade em vendas para alavancar os resultados? Descubra nas 5 dicas a seguir:

1. Coloque a cabeça para funcionar

Para se ter criatividade em vendas, é de extrema importância colocar a cabeça para funcionar e exercita a mente. Um cérebro “preguiçoso” dificilmente terá ideias inovadoras capazes de fazer a diferença nos seus resultados.

Dessa forma, para estimular a criatividade e inovação em vendas, crie situações hipotéticas do seu cotidiano como vendedor e busque diferentes soluções para determinados problemas.

Pense também em maneiras de contornar as possíveis objeções que seus clientes podem fazer às suas ofertas. Ao fazer isso, você estará incentivando o seu cérebro a raciocinar melhor.

2. Mantenha-se bem informado

As vendas criativas dependem do repertório cultural e informacional que o vendedor detém. Tendo isso em vista, é essencial manter-se bem informado e procurar ampliar suas experiências culturais.

Quanto mais você aumentar sua bagagem intelectual, mais fácil será encontrar soluções criativas para suas estratégias, abordagens e argumentação de vendas.

Sendo assim, busque ler bastante sobre as novidades do seu mercado, assista ao noticiário, vá atrás de formadores de opinião, participe de palestras, invista em cursos e especializações.

Ao colocar essa dica em prática, você estará mais bem preparado para as negociações e conseguirá se destacar.

Procurando boas fontes de informação? Então, dê uma olhada neste post: Blogs de vendas para acompanhar e melhorar suas habilidades

3. Socialize e dialogue com outras pessoas

O vendedor é um profissional que precisa lidar com pessoas na maior parte do tempo. Dessa forma, para obter criatividade e inovação em vendas, é interessante que ele busque socializar e dialogar com outras pessoas, sejam elas amigos, familiares, colegas de trabalho e clientes em potencial.

Quando o vendedor se dispõe a fazer isso, ele pode conseguir insights valiosos, capazes de impactar positivamente o seu dia a dia. Afinal, é a diversidade de opiniões e de pontos de vista que mostram novos caminhos. E isso é muito importante para quem quer ter ideias novas e criativas.

Portanto, não abra mão de trocar ideias; esteja sempre curioso para entender o que as outras pessoas pensam sobre determinado assunto.

Isso pode abrir a sua mente para algo que você ainda não tinha pensado e que pode trazer bons resultados, estimulando seu pensamento criativo.

Participe de fóruns na internet, o LinkedIn pode ser uma rica fonte desse tipo de espaço para diálogo.

4. Registre os seus insights

Leonardo da Vinci – reconhecidamente uma das pessoas mais criativas da história, não é mesmo? – mantinha um caderno de rascunhos, onde fazia anotações sobre suas ideias.

Portanto, essa deve ser um boa prática para quem pretende se tonar criativo.

Assim, para conseguir efetuar vendas criativas, saber organizar e registrar suas ideias pode ser bastante efetivo. Felizmente, existem ferramentas que podem te ajudar, como o Evernote e o Google Keep.

A intenção é que, sempre que você tiver um insight ou uma ideia que valha a pena ser desenvolvida, você faça as suas anotações para depois retomá-las e estruturá-las melhor.

Afinal, é muito chato quando você tem uma ideia incrível e depois esquece e não consegue lembrar dela por nada nesse mundo.

Veja, neste vídeo, como funciona o Evernote:

5. Descanse a mente

É comum que profissionais de venda tenham que trabalhar com muitos prazos a serem cumpridos e metas a serem batidas. Toda essa pressão pode ser prejudicial para o desempenho do vendedor e para o seu processo criativo.

Por isso, busque despressurizar sua mente e aprenda a descansar. Ao fazer isso, as novas ideias começarão a surgir mais naturalmente; você conseguirá enxergar melhor aquilo que muitas vezes estava bem na sua frente.

Não é à toa que muitas ideias geniais surgem durante o banho, quando nossa mente está relaxada!

Saiba mais: Como inovar nas vendas: 3 estratégias de vendas para adotar hoje mesmo!

Essas foram as nossas 5 dicas essenciais de como ter criatividade em vendas. Agora que você já sabe o que fazer, coloque em prática as recomendações que citamos aqui e alcance resultados mais satisfatórios.

Para finalizar, veja mais algumas dicas de criatividade em vendas neste vídeo de Ricardo Jordão:

Criatividade e produtividade andam lado a lado, por isso, baixe nosso e-book gratuito: Guia – como ser mais produtivo e eficiente nas vendas