« Início Estratégias de vendas Ferramentas Produtividade Novas ideias Dicas de CRM Cases de CRM Atualizações do Agendor

Como usar os fatores sociais no marketing B2B

Escrito por
Júlio Paulillo

Fatores sociais de marketing têm relevância nas vendas corporativas?

Quando se fala em fatores sociais no marketing, estamos nos referindo especificamente a um tipo específico dos vários fatores que influenciam as decisões de compra de um cliente.

Estes fatores são divididos em quatro tipos: fatores culturais; fatores sociais; fatores pessoais e fatores psicológicos.

Nesta postagem, vamos focar nossa atenção em como usar os fatores sociais do marketing para influenciar o comportamento dos compradores e alavancar vendas consultivas, típicas de organizações B2B.

fatores sociais de marketing

Grupos de referência são importantes fatores sociais de marketing

É possível usar os fatores sociais do marketing em vendas B2B?

Sim! E vamos te mostrar isso logo a seguir, inclusive com exemplos práticos.

Mas talvez você esteja se perguntando: – Por que focar nos valores sociais de marketing? E quanto aos outros três fatores citados?

Existem dois motivos para isso:

  • Primeiro: a maioria dos profissionais de vendas associa os fatores sociais com o comportamento do consumidor final de produtos e serviços, e não com vendas B2B. Só que isso não é bem assim, como vamos mostrar.
  • Segundo: A verdade é que a maioria dos vendedores consultivos já usa, mesmo que intuitivamente, os outros três fatores do marketing para influenciar suas vendas.

Duvida?

Vamos ver isso rapidamente, então, antes de falarmos diretamente do uso dos fatores sociais do marketing.

Fatores culturais:

Qual vendedor experiente não muda seu tipo de abordagem ao se relacionar com um comprador do Rio Grande do Sul, um estado com uma tradição cultural extremamente bairrista; um comprador mineiro, que sempre está com um pé atrás; ou um paulista, apressado e objetivo?

Estereótipos e preconceitos a parte, fatores culturais do marketing devem ser levados em conta.

Veja mais sobre isso nesta postagem: Como superar o desafio de fazer um plano de mercado de vendas em diferentes regiões

fatores sociais de marketing

Fatores culturais podem influenciar o comportamento dos indivíduos de forma surpreendente

Fatores pessoais e psicológicos:

Já falamos diversas vezes aqui no blog sobre a importância de conhecer o estilo dos compradores, seu perfil em redes sociais, suas preferências e hábitos pessoais.

Além disso, técnicas como rapport e PNL são exemplos típicos do uso de fatores psicológicos em vendas.

Se você quiser se aprofundar nesses assuntos, pode consultar estes artigos também:

Agora que você já se convenceu de que estes três fatores fazem parte do dia a dia dos vendedores experientes, vamos entrar na parte que mais interessa deste texto: os fatores sociais do marketing usados em vendas complexas.

Como usar os fatores sociais de marketing em vendas complexas

Segundo Philip Kotler, os fatores sociais do marketing se dividem em três tipos:

  1. Grupos de referência
  2. Papéis e Status
  3. Família

Vamos entender como usar cada um deles em vendas B2B.

Grupos de referência

“Grupos de referência de uma pessoa são aqueles que exercem alguma influência direta […] ou indireta sobre as atitudes ou o comportamento dessa pessoa”

Kotler, 2000

Só de ler esta frase você já deve ter percebido o grande potencial deste fator social de marketing para ser usado em vendas consultivas.

Para isso, você deve prestar atenção em alguns pontos interessantes:

Como as pessoas são influenciadas por grupos de referência aos quais já fazem parte:

  • Esses grupos as expõem a novos comportamentos
  • Influenciam atitudes e a autoimagem
  • Fazem pressão para que a pessoa haja conforme certos hábitos do grupo

Como as pessoas são influenciadas por grupos de referência aos quais não pertencem:

  • Elas querem se aproximar de seus grupos aspiracionais, aqueles de que gostariam de fazer parte.
  • Elas querem distância de grupos de dissociação, aqueles que têm valores que elas rejeitam.

Para entender como usar isso em vendas, um exemplo pode ajudar.

Imagine que você já fez todo trabalho de venda consultiva, sabe quais são as dores e necessidades do cliente e tem certeza de que sua solução será a melhor alternativa para ele.

Mas o comprador reluta a fechar o negócio.

Use referências aos grupos que ele já faz parte e aos que aspira pertencer para reforçar os benefícios de sua solução, veja:

– Olha, Carlos, eu já ofereci este mesmo pacote de serviços para vários outros gerentes de TI, inclusive alguns que você conhece. E sabe o que aconteceu com muitos dos que fecharam negócio? Hoje são diretores de TI!

Da mesma forma, mostre que os grupos dissociativos rejeitam a sua solução:

– E tem mais, sabe aquele pessoal que não usa as boas práticas de TI, que não segue normas de compliance nem de segurança da informação? Bom, esses daí nunca fecham negócio comigo!

Evidentemente você só pode usar esses tipos de argumentos se forem verdadeiros. Mas note como é persuasivo!

Papéis e status

Já tocamos um pouco nesse assunto no exemplo anterior, mas existem outras maneiras de usar estes dois fatores sociais de marketing em uma venda B2B.

Que tal sugerir ao comprador que seja o foco de um case de sucesso de sua empresa, que será divulgado na internet, mostrando todas as vantagens de usar sua solução e como essa decisão do comprador trouxe excelentes resultados para a empresa onde trabalha?

Outro ponto importante referente ao status é que é inegável que todo profissional tem aquela marca de sua preferência, aquele equipamento ou serviço dos sonhos que gostaria de implementar em sua empresa.

Se sua marca tem uma imagem forte no mercado, use esse status superior a seu favor nas vendas.

Família

Quem nunca ouviu falar em empresas familiares? Mas nem só nestes casos deve-se estudar o papel influenciador da família sobre as decisões de um comprador corporativo.

O que o vendedor B2B deve fazer para usar este fator social de marketing em suas vendas, é estudar o perfil familiar do comprador para ter pistas de seu estilo de tomada de decisão.

Assim, compradores casados e com filhos, tendem a ser mais cautelosos e exigem um poder de convencimento maior para o vendedor mostrar todo valor e confiabilidade de sua solução.

Por outro lado, compradores jovens e solteiros podem ser mais propensos a tomar riscos e aceitar soluções inovadoras.

fatores sociais de marketing

Empresas familiares necessitam de uma abordagem de vendas mais cuidadosa

Quer descobrir como ter acesso a este tipo de informação sobre seus clientes de forma organizada e prática? Leia este post de nosso blog: Um guia completo para a gestão de relacionamento com clientes

Para facilitar o uso dos fatores de marketing no relacionamento com os clientes, o mais indicado é empregar um software de CRM. Baixe nosso e-book e outros materiais para entender este assunto com pais profundidade: Kit para o Sucesso com CRM

Funil de Vendas do Agendor Coloque em prática essas dicas com nosso aplicativo de CRM Online Teste grátis nosso App!

Dicas de vendas



Artigos relacionados

Venda com todo seu potencial!

Experimente o Agendor